Black Mirror

Black Mirror vai ter um episódio em que TU decides o final

Black Mirror, uma das séries mais aclamadas da Netflix, vai apresentar um novo e muito interessante formato já na próxima temporada!

Se cresceste nos anos 90, provavelmente deves lembrar-te de uns livros que podiam ser personalizados com o nome da criança e em que a mesma decidia a aventura. Mesmo agora (em adultos), ainda é possível encontrar alguns desses livros. Pois bem, a ideia da Netflix para um episódio da 5ª temporada de “Black Mirror” é mais ou menos essa.

O gigante do streaming não é 100% estranho a este modelo, tendo utilizado o mesmo na série infantil “Puss in Book”. No entanto, “Black Mirror” será a sua primeira tentativa ‘adulta’. O episódio será o primeiro de uma série de experiências com programas interativos live-action que a plataforma quer desenvolver. Ainda que os detalhes neste momento sejam escassos, as escolhas com que os telespectadores se irão debater não deverão ser fáceis. Tendo em conta a série, é provável que tenham as mesmas implicações morais a que os personagens são sujeitos. Ou seja, não deverá ser aconselhado a todos os utilizadores…

Lê Também:
Realizadores que gostávamos de ver no universo Black Mirror

O novo formato deverá representar outra vantagem para a Netflix, na medida em que este episódio de “Black Mirror” será largamente revisto. Porque, mal o episódio termine, será óbvio que a curiosidade humana nos levará a ele outra vez para descobrir quais os outros possíveis finais. A antologia de ficção científica da Netflix vencedora de vários Emmys ganhou destaque entre o público por explorar as implicações sociais que a tecnologia poderá (ou já tem) na nossa sociedade. Cada episódio conta com uma história, elenco e realizador diferente.

TEASER | ESTÁS PREPARADO PARA A QUINTA TEMPORADA DE BLACK MIRROR?

A quinta temporada chega em dezembro à Netflix.

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *