Classic Fever | O Acossado (1960)

 

O QUE É QUE VOU RELEMBRAR HOJE?

O Acossado, tradução do título francês À bout de soufflé, que, interpretado literalmente, significa “sem fôlego”. O clássico de 1960 foi realizado por Jean-Luc Godard, escrito por François Truffaut e protagonizado por Jean-Paul Belmondo e Jean Seberg.

acossado

 

MAS AFINAL DO QUE É QUE TRATA?

A narrativa gira em torno de um homem exuberante e impulsivo que se encontra a fugir das autoridades e de uma mulher que ambiciona a derradeira independência. Ao longo de 90 minutos, seguimos Michel e Patricia durante as suas diversificadas conversas que nos revelam os seus medos e vontades, dando vida a uma relação simultaneamente magnética e esgotante.

Breathless-breathless-26721050-386-441

 

PORQUE É QUE NÃO POSSO PERDER?

À bout de soufflé é o início do deleite de estilo e um marco da Nouvelle Vague francesa – época de ouro existencialista do cinema. Com cenário parisiense e um mood de conto de fadas perverso e contemporâneo, À bout de soufflé é um clássico imperdível que não só apresenta uma fotografia marcada por close-up profundos e representações incansáveis, como introduz uma nova forma de trabalhar a edição e o som, marcada pelos cortes bruscos e a introdução inesperada de música.

Lê Também:
Dia Mundial do Cinema | Grandes Filmes Sobre a 7ª Arte

O primeiro filme de Godard revela-nos uma relação atípica e assombrada pelo culto do Eu. Michel e Patricia são amantes regulares que se fecham em quartos e devaneiam por ruas acompanhados de cigarros consumidos quase compulsivamente. Opostos nas ideias e na posição que querem alcançar um com o outro, o falso casal embebeda-se mutuamente numa paixão divertida e revitalizante onde não parece existir espaço para diálogo autêntico – há olhares penetrantes, estilização de gestos, piadas provocadoras, sedução óbvia e pensamentos aleatórios.

Apesar de representado leve e descontraidamente, o filme representa uma paixoneta casual tornada em ouro e banhada em egoísmo, onde Ele é um idiota enfurecido e apaixonado e Ela um espírito livre que foge do amor – porque amar dói.

acossado

 

UMA FRASE PARA A POSTERIDADE

“I don’t know if I’m unhappy because I’m not free, or if I’m not free because I’m unhappy.”

acossado

 

Lê Também:
Dia Mundial do Cinema | Grandes Filmes Sobre a 7ª Arte

PARA FICAR NO OLHO E NO OUVIDO (DA MENTE)

 

Maria João Bilro

Sou doida por cinema - tenho um grave problema em aceitar que a minha vida não é um indie, mas tento fechar os olhos a esse pormenor e continuo a usar óculos escuros à noite e a dançar músicas dos anos 60 de forma (muito) estranha no meio da rua. Licenciada em Ciências da Comunicação, com formação em Realização e Fotografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *