Congressista americano gasta 1302 dólares de fundos da sua campanha em jogos do Steam

Duncan Hunter afirma que foi o seu filho que usou o dinheiro de forma indevida.

A vida de congressista nos Estados Unidos não é fácil. De acordo com alguns especialistas, alguns membros passam desde 25 até 50% do seu tempo de trabalho a tentar angariar dinheiro para as suas campanhas eleitorais, sendo que no dois anos antes de uma eleição este número pode subir até aos 66%. Portanto, quando o congressita republicano Duncan Hunter foi acusado de gastar 1302 dólares no Steam com dinheiro reservado à sua campanha, o caso captou a atenção, não só das autoridades competetentes, mas também do público em geral.

Lê também: Microsoft quer eliminar o uso de teclados e de ratos

Estas transações terão ocorrido entre 13 de outubro e 16 de dezembro de 2015, tendo sido marcadas no relatório financeiro da sua campanha como “despesas pessoais – a serem devolvidas”, mas o pagamento das mesmas não consta em parte alguma do relatório. Hunter afirma que essas despesas foram feitas pelo seu filho adolescente que usou o seu cartão de crédito num jogo do Steam sem autorização prévia e que vários pagamentos não autorizados se seguiram quando Duncan tentou fechar o acesso ao site. Segundo Joe Kasper, porta-voz da família, Hunter estará a procurar reaver o dinheiro desses pagamentos não autorizados antes de devolver o dinheiro que deve à tesouraria da sua campanha. A Comissão de Ética deu a Hunter até ao dia 9 de Maio para resolver a situação e explicar o estado das suas despesas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *