Gran Turismo Sport (PS4) | Análise

 

Gran Turismo é um nome incontornável da simulação automóvel e agora está de volta, pela primeira vez na PS4 e a questão é se valeu a pena tanta espera.

Há 19 anos Gran Turismo apareceu na primeira PlayStation e tornou-se num dos maiores nomes da consola, porque, ao contrário da esmagadora maioria dos jogos até então, não se focou num modo arcade em que qualquer jogador iria experienciar grandes velocidades, adrenalina brutal nas curvas e tudo o mais que os jogos arcade ofereciam. Era preciso aprender os circuitos, era preciso conhecer os carros, saber as melhores trajetórias, etc… era a primeira verdadeira sensação de condução à escala mundial.

Depois disso, Gran Turismo tornou-se um colosso de jogabilidade, número de carros e grafismo de topo. Com Gran Turismo Sport a chegar à PS4 comecemos pelo que nos salta À vista: GT Sport é lindíssimo. Testei o jogo em 4K e com o HDR ligado e o que posso dizer é que nenhum jogo até hoje, conseguiu aproveitar tão bem o HDR. As cores são simplesmente fantásticas, brutalmente realistas. No entanto, poucos gamers têm uma tv com HDR. Decidi retirar essa função durante parte da análise e o jogo continua a ser lindo, apesar de não tão marcante. A fluidez é notável, mesmo com muitos carros na pista, o jogo nunca teve quebras na PS4 Pro, com 4K bem conseguidos nas pistas, na sensação de escala, nos muitos detalhes presentes e cheios de vida em cada circuito e, principalmente, nos carros. Para além disso, GT Sport consegue acabar com uma noção já antiga de que GT não oferecia uma sensação de velocidade intensa. Tal acabou. Acelerem nos mais poderosos carros e vão sentir uma verdadeira experiência cheia de intensidade. Experimentem o jogo com um PS VR e a experiência será mesmo muito boa.

Gran Turismo Sport é um jogo para os amantes de carros. Cada veículo está fielmente recriado como em nenhum outro jogo. Tanto dentro como fora, o brilho, as cores, as formas, os vidros, tudo está perto da perfeição fotorealista que a série sempre tentou tornar mais próxima. No entanto, tal perfecionismo em muito do que vemos nas pistas, tem um custo. Gran Turismo falha nas condições climatéricas dinâmicas, sendo demasiado estáticas e ficando atrás de outros jogos do género. Onde também falha é, como habitual na série, nos danos visuais nos carros. Por mais forte que seja a batida, visualmente os carros nunca forem danos estrondosos, o que é pena.

Ainda na parte gráfica, devo falar nos circuitos, que são poucos, mas nos deixam de boca aberta. Com detalhes constantes e muita vida, Gran Turismo deslumbra-nos ao ponto de pararmos o carro para ver alguns cenários e tirarmos fotos. A isso junta-se o modo fotografia e repetições, o jogo mostra o seu poder visual. No entanto, volto a dizer que o HDR faz uma diferença que não esperava.

Na parte sonora Gran Turismo é um jogo competente dentro de pista, com bons efeitos sonoros mas sem atingir o brilhantismo da parte gráfica. Já fora de pista a questão é outra. Gran Turismo é um jogo de classe, com uma banda sonora diversificada e cheia de qualidade quando estamos nos menus. Rock, jazz, blues, GT Sports tem um bocado de tudo, e envolve-nos num ambiente agradável antes de cada prova.

 

Lê Também:   Jogos a Não Perder | Outubro 2017

Passando agora para a jogabilidade, este é, claramente, o melhor GT de sempre, tal como se exigia. A física está muito bem conseguida, os carros respondem de forma quase real e existe uma diversidade enorme na forma como cada carro responde a cada situação ou ambiente na pista. Se procuram uma simulação virtual verdadeiramente realista, então este é o jogo a ter na vossa consola. Todavia, também tem falhas, principalmente na inteligência artificial que não tem grande capacidade de adaptação ou iniciativa. Os pilotos são demasiado passivos ou óbvios, raramente fugindo à trajetória óbvia para se adaptarem ao que estamos a fazer.

GT Sport está focado no online, mas já lá vamos. Na parte offline, temos muitos desafios pela frente, mas não tantos quanto esperava. Antigamente Gran Turismo era um jogo que levaria meses a ser acabado, agora não é assim. Temos a normal Academia e temos muitos desafios que se juntam às provas que estamos habituados, e, em muitos casos, são estes desafios que fazem a diferença. Seremos colocados em situações singulares, onde teremos de alcançar algo, e para tal teremos de ter muita coisa em consideração, quando mudar os pneus e para quais, calcular a quantidade de combustível, etc… Apesar de tudo, e de Gran Turismo se tornar num fantástico desafio quando começamos a retirar as assistência de controlo, a verdade é que aos poucos começamos a perceber que no modo offline GT Sport não é tão grande como os anteriores. Para terem uma experiência durante meses, ou anos, será preciso avançar para o online.

Gran Turismo brilha no online. Enquanto esperamos por outros condutores podemos ir treinando na pista, melhorando tempos. Com a comunidade a crescer nos próximos tempos, podemos esperar eventos e muito para se fazer. Conduzir contra jogadores será a grande diferença para a inteligência artificial do offline.

Existe ainda muito mais que poderia falar sobre Gran Turismo, quer fosse sobre os modos de fotografia, capacidade de personalizar carros, etc. No entanto tudo isso é secundário perante o essencial que é o que acontece dentro das pistas. E nesse aspeto resumo assim: graficamente GT Sport é estrondoso mas falha nas condições climatéricas. Na jogabilidade está fantástico, mas falha na inteligência artificial. E nestes dois componentes, falha nos danos das colisões. O modo offline é bom mas curto para o que estamos habituados, e o online está muito bom, principalmente na forma como penaliza quem estiver nas corridas apenas para estragar a experiência de outros jogadores. A questão é que GT Sport dentro de pista é fantástico mas fora perde alguma identidade da série, por ser curto em offline.

Gran Turismo Sport voltará várias vezes à minha consola para fazer mais corridas online. É um jogo muito bom num ano em que a concorrência é enorme. Forza 7 e Project CARS 2 também são grandes jogos, tendo cada um dos três vantagens e desvantagens. Mas uma coisa é certa: o prazer da simulação realista que este jogo oferece é diferente de tudo o resto, e se o vosso foco for o online, então agarrem este jogo.

Luís Pinto

 

HARDWARE USADO PELA MHD PARA TESTES DE JOGOS

PS4:

  • PlayStation 4 Pro
  • Razer Raiju Controller
  • Razer Leviathan Sound System

PC:

  • Headphones Razer Carcharias
  • Keyboard Razer Epic Chroma
  • Mouse Razer Naga Epic Chroma
  • Monitor AOC U3277PWQU

Mobile:

  • LAIQ Glow
Gran Turismo Sport
sport

Game title: Gran Turismo Sport

Game description: Gran Turismo é um nome incontornável da simulação automóvel e agora está de volta, pela primeira vez na PS4 e a questão é se valeu a pena tanta espera.

  • Jogabilidade - 93
  • Gráficos - 92
  • Som - 84
  • Modos de jogo - 75
86

RESUMO

O MELHOR: Verdadeira simulação e gráficos de topo

O PIOR: Inteligência artificial e pouco conteúdo offline para um jogo desta série

EDITORA: Polyphony Digital

PLATAFORMA: PlayStation 4

Sending
User Review
3.13 (8 votes)
Comments Rating 1 (1 review)


Também do teu Interesse:


About The Author


2 Comments

  1. Angus 19 de Outubro de 2017
  2. Angus 19 de Outubro de 2017

Leave a Reply

Sending