© CD Projekt Red

Cyberpunk 2077 | CD Projekt RED reembolsa jogadores

Após um lançamento bastante atribulado, os desenvolvedores de “Cyberpunk 2077” reembolsam jogadores insatisfeitos com o estado do jogo.

Possivelmente um dos jogos mais aguardados desta década, “Cyberpunk 2077” não teve um lançamento à altura da sua dimensão. O jogo vencedor de 12 prémios (entre eles estão os de “Melhor RPG” e outros três de “Mais aguardado”) tinha sido alvo de grandes expectativas, não só pela sua dimensão, mas pelos seus gráficos e profundidade narrativa. Seria quase seguramente o “jogo do século”, estabelecendo-se como o adversário de “Grand Theft Auto V” (lançado em 2013), especialmente vindo da prestigiada produtora Cd Projekt Red que nos apresentou a franquia “The Witcher”. Agora com o que foi considerado o maior orçamento para um videojogo, não havia razão para que as expectativas fossem baixas.

Lê Também:
Playstation 5, em análise

Depois de ter sido lançado o primeiro vídeo da jogabilidade neste colosso, onde era comparada a sua performance entre a Xbox One X e a Xbox Series X, a ideia de que “Cyberpunk 2077” não era um jogo que tinha como alvo as consolas da anterior geração não escapou aos olhos de ninguém. Para quem ainda não viu o vídeo, aí têm:

VÍDEO | GAMEPLAY DE “CYBERPUNK 2077” NA XBOX SERIES X / XBOX ONE X

Mas como nem tudo corre como queremos, a nova PI da gigante polaca não satisfez essas mesmas expectativas, acabando por deixar a desejar até nos mais básicos testes de qualidade e performance nas versões base das plataformas da anterior geração. Apesar do sucesso de “Cyberpunk 2077” ser incontornável, grande parte dos jogadores não está satisfeita com o estado atual dos jogadores e, portanto, mesmo depois de uma coleção de atualizações ter sido lançada para corrigir bugs como problemas com texturas, partes íntimas a passar pela roupa, etc., começaram a ser vários os pedidos de reembolso.

Posto toda esta situação incontornável, a CD Projekt RED viu-se obrigada a pronunciar-se, publicando um tweet onde pede que os jogadores lhes deem uma oportunidade para arranjar o jogo através de atualizações, mas que, se for caso disso, também compreenderão se a decisão dos jogadores for o reembolso, deixando até um e-mail para contacto.

Como não podia deixar de ser, até o próprio dono da marca de carros Tesla, Elon Musk, teve que deixar um pouco do seu sarcasmo registado:

E tu? O que achaste do “Cyberpunk 2077”? O estado final do jogo é, para ti, suficiente para pedires um reembolso, ou vais dar uma oportunidade à desenvolvedora polaca para resolver os problemas?

André Silva

Host do podcast "Duplo Sentido". Provavelmente o jogador mais azarado do mundo, o fanático por tecnologias e jogos conseguiu vingar no pequeno grande mundo dos eSports (mesmo que por pouco tempo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *