Damien Chazelle vence DGA Awards por La La Land

Damien Chazelle é mesmo o favorito ao Óscar, depois de ter sido o principal vencedor dos DGA Awards, os prémios do sindicato de realizadores.

La La Land: Melodia de Amor está realmente imparável. Depois de ter vencido 8 Critics Choice Awards, 7 Golden Globes, o principal galardão dos PGA (Producers Guild Awards) e ainda o SAG de Melhor Atriz para Emma Stone conseguiu vencer na noite dos DGA (Directors Guild Awards). Damien Chazelle foi eleito o melhor realizador pelo sindicato, tendo sido escolhido entre Garth Davis por Lion, Barry Jenkins por Moonlight, Kenneth Lonergan por Manchester by the Sea e Denis Villeneuve por O Primeiro Encontro. 

DGA Awards

Alejandro Gonzalez Iñarritu venceu nos últimos dois anos o prémio dos DGA Awards por The Revenant (2015) e Birdman (2014), respetivamente e também acabaria por vencer o galardão de Melhor Realizador nos Óscares. Para mais, os DGA Awards são um barómetro dos Óscares mais importante na categoria sendo entregues desde 1948. Apenas 7 não conseguiram vencer o galardão de Melhor Realizador nos prémios da Academia. A última vez que tal aconteceu foi em 2013 em que Ben Affleck venceu o DGA Award, mas nem sequer havia sido nomeado ao Óscar que acabou nas mãos de Ang Lee pelo filme A Vida de Pi.

Tal confirma também Damien Chazelle como o grande favorito e se vencer a estatueta dourada na noite de 26 de fevereiro será o mais jovem realizador com o troféu (Chazelle tem 32 anos).

Nos bastidores da 69ª edição dos DGA, Damien Chazelle revelou que fez La La Land – que tem Emma Stone como uma aspirante a atriz e Ryan Gosling como um músico de jazz que procura o sucesso – para celebrar a procurar dos sonhos, os sonhos artísticos naquela que é a cidade americana onde a magia do cinema ganha brilho, Los Angeles. Segundo o realizador,

I would hope that the movie gives some kind of hope. If there’s one message I want to get across, it’s that just chasing those dream — no matter how unrealistic, in fact sometimes because they seem unrealistic — is the most important thing. They may not come true but chasing those dreams sometimes creates a ripple effect. I really do believe that.

Damien Chazelle começou a trabalhar no musical há sete anos atrás, ainda antes de ter pensado em dirigir Whiplash – Nos Limites, com que também foi nomeado ao Óscar. La La Land: Melodia de Amor no entanto não conseguira qualquer apoio por parte de uma produtora, que recusava a financiar um musical original.

Por sua vez, Garth Davis foi eleito o melhor realização em estreia com o seu drama Lion – A Longa Viagem para Casa, o ‘dark-horse’ desta Awards Season, que obteve 6 nomeações aos Óscares. Davis foi escolhido em vez de Tim Miller por Deadpool, Kelly Fremon Craig por Edge of Seventeen, Nate Parker por The Birth of a Nation, e Dan Trachtenberg por 10 Cloverfield Lane. Lion – A Longa Viagem para Casa é protagonizado por Sunny Pawar, Dev Patel, Rooney Mara, David Wenham e Nicole Kidman. Kidman e Pawar estiveram presentes na cerimónia.

DGA Awards

Ridley Scott foi ainda homenageado como o prémio Lifetime Achievement Award. Para apresentar o galardão, Michael Fassbender disse orgulhoso de trabalhar com o cineasta que foi seriamente influenciado por Citizen Kane, de Orson Welles.

A lista completa de vencedores dos DGA Awards pode ser consultada em baixo.

LISTA COMPLETA DE VENCEDORES | DGA AWARDS


CINEMA


MELHOR REALIZADOR

Damien Chazelle por La La Land: Melodia de Amor

MELHOR REALIZADOR EM ESTREIA

Garth Davis por Lion – A Longa Viagem para Casa

MELHOR REALIZADOR EM DOCUMENTÁRIO

Ezra Edelman por O.J.: Made in America

Lê ainda: Producers Guild Awards 2017 | É outro dia de prémios para La La Land


TELEVISÃO


MELHOR REALIZADOR DE SÉRIE DRAMÁTICA

Miguel Sapochnik por A Guerra dos Tronos, “The Battle of the Bastards” (HBO)

MELHOR REALIZADOR DE SÉRIE COMÉDIA

Becky Martin por  Veep, “Inauguration” (HBO)

MELHOR REALIZADOR DE TELEFILME OU MINISSÉRIE

Steven Zaillian por The Night Of, “The Beach” (HBO)

Variety/News/Talk/Sports – PROGRAMAÇÃO

Don Roy King por Saturday Night Live, “Host: Dave Chappelle” (NBC)

Variety/News/Talk/Sports – ESPECIAL

Glenn Weiss por The 70th Annual Tony Awards (CBS)

MELHOR REALIZADOR DE REALITY-SHOW

J. Rupert Thompson por American Grit, “The Finale Over the Falls” (Fox)

MELHOR REALIZADOR DE PROGRAMA INFANTIL

Tina Mabry por An American Girl Story – Melody 1963: Love Has to Win (Amazon)

MELHOR REALIZADOR DE PUBLICIDADE

Derek Cianfrance por Chase, Nike Golf – Wieden + Kennedy Portland

Consulta também: Guia das Estreias de Cinema | Fevereiro 2017

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Virgílio Jesus has 1355 posts and counting. See all posts by Virgílio Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.