Dark Universe é a nova marca da Universal Pictures

Com A Múmia protagonizada por Tom Cruise prestes a estrear, a Universal lançou o logótipo de Dark Universe.

O Mundo dos Monstros da Universal está mesmo, mesmo a chegar! Aproveitando o lançamento d’A Múmia, com Tom Cruise, a Universal Pictures lançou o logótipo de Dark Universe, o projeto que quer tirar das gavetas do estúdio os monstros clássicos do cinema e relança-los aos espetadores contemporâneos. O logótipo foi apresentado numa iniciativa acompanhada por um tema musical composto pelo vencedor do Óscar Danny Elfman (criador do inesquecível tema de Os Simpsons) e será, inclusive, apresentado com A Múmia, que estreia já no próximo dia 8.

DARK UNIVERSE É A MARCA DA UNIVERSAL QUE RELANÇA OS MONSTROS CLÁSSICOS

Dark Universe

Vê ainda: Novo filme de O Monstro da Lagoa Negra já tem argumentista

Para este Dark Universe é possível encontrar detalhes deste grande universo que se prepara, desde logo, apresentando Bill Condon (A Bela e o Monstro) como realizador de Bride of Frankenstein. Dark Universe é uma ideia de Alex Kurtzman, realizador e produtor de A Múmia, e do seu produtor Chris Morgan. Com argumentos a série conta com os conceituados Christopher McQuarrie (Missão Impossível e de Os Suspeitos do Costume) e David Koepp (Guerra dos Mundos, Parque Jurássico). Segundo a presidente da Universal Pictures, Donna Langley.

Temos muito orgulho na criatividade e paixão que inspiraram a recriação dos monstros da Universal e prometemos ao público que iremos alargar esta série de forma estratégica. O projeto, desenvolvido com mestria pelo Chris e pelo Alex, permitirá que cada capítulo subsequente tenha o calendário ideal para encontrar o elenco, os cineastas e a visão perfeitos para a sua realização. Ao lançarmos a “Dark Universe” – com o provocante tema do Danny antes de A Múmia e a nossa colaboração com um realizador brilhante como o Bill, mostrando a história de uma mulher muito moderna numa história muito clássica -, estamos confiantes de que começamos de uma forma espetacular.

Num comunicado de imprensa do estúdios Kurtzman e Morgan expressaram,

Quando a Universal nos abordou com a ideia de recriar estas personagens clássicas, reconhecemos a responsabilidade de respeitar o seu legado trazendo-as de volta em aventuras novas e modernas. O estúdio e os nossos colegas de criação apoiaram e desafiaram-nos, quando começámos a desenvolver a Dark Universe. Esperamos que estes filmes atraiam fãs antigos e que despertem a imaginação de outros novos.

Bride of Frankenstein, dirigido por Bill Condon deve ser o próximo filme a estrear do Universo, com estreia agendada para 14 de fevereiro de 2019. A história parte, obviamente, de uma recriação da personagem de James Whale.

Lê Também:
Hayley Atwell junta-se a Tom Cruise em Missão Impossível

Entre as estrelas de cinema que já estão confirmadas nestas aventuras contam-se Tom Cruise, Sofia Boutella e Russell  Crowe (presentes em A Múmia), e ainda Johnny Depp e Javier Bardem. Nota adicional é que tanto a versão estática como o logótipo animado de “Dark Universe” foram criados pela empresa de efeitos visuais vencedora de Óscares por cinco vezes, a WetaDigital (O Senhor dos Anéis).

Os filmes da “Dark Universe” estão ligados por uma misteriosa organização multinacional chamada Prodigium. Segundo a sinopse oficial,

Liderada pelo enigmático e brilhante Dr. Henry Jekyll, a missão da Prodigium é detetar, estudar e – se necessário – destruir o mal incarnado no nosso mundo sob a forma de monstros. Trabalhando à margem de qualquer governo e através de práticas sigilosas milenares, a Prodigium impede que o público se aperceba do mal que se esconde sob a fina capa da sociedade civilizada… e fará tudo para contê-lo.

O legado deste Universo pode ser (re)visto no vídeo lançado pelo estúdio.

Lê Também:
The Loudest Voice está a chegar à HBO Portugal

DARK UNIVERSE – O LEGADO DOS MONSTROS

Consulta também: Guia das Estreias de Cinema | Junho 2017

One thought on “Dark Universe é a nova marca da Universal Pictures

  • A Múmia: 4*

    Com uma história interessante, bons efeitos 3D e um argumento bem conseguido.

    Cumprimentos, Frederico Daniel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *