DC Comics renasce com nova imagem e novo responsável pela DCEU

Uma nova imagem e uma nova cara para reestruturar toda a DC Comics/DC Entertainment.

DC Comics mudanças novo logo

O mundo da banda-desenhada domina os espectros do entretenimento, e cada vez mais as duas maiores empresas norte-americanas vêem-se debaixo do escrutínio público, numa indústria que actualmente tem movimentos na casa dos milhares de milhão de dólares. Uma das grandes empresas a monopolizar o género de banda-desenhada é a DC Comics, a empresa literária pertencente à DC Entertainment/Time Warner que por sua vez acaba de apresentar mudanças integrais a nível de imagem e estrutura.

No lado da banda-desenhada, a DC Comics prepara-se para dar início a um novo recomeço do seu universo, propriamente intitulado de “Rebirth” (pt: Renascimento) – e para marcar esta nova era, a empresa apresentou um novo design para o seu logótipo e que, terá efeito imediato em todos os meios digitais após a edição #1 de “DC Universe: Rebirth”, sendo que paira a dúvida se o mesmo irá ser utilizado na televisão e cinema.

DC Comics Zack Snyder

Lê também: Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça, em análise

A empresa que pretende dar a volta ao negativismo recebido com a longa-metragem de Zack Snyder, “Batman vs. Super-Homem: Despertar da Justiça”, tenta assim aproximar-se do público jovem aka Millenials, e dessa forma reverte ao clássico para distinguir as suas propriedades.

Lê Também:   "Foi como mágica": James Gunn classifica a química entre os novos Super-homem e Lois Lane

Uma nova imagem apenas tem significado após uma grande mudança estrutural, e a DC Entertainment parece não ser um local aborrecido de se trabalhar. Num segundo comunicado, a empresa anunciou que o aclamado escritor Geoff Johns servirá como cabeça principal de todo o Universo Cinematográfico da DC, geralmente referido como DCEU (sigla para: DC Extended Universe).

DC Comics Entertainment novos filmes

 O mesmo tem como principal função analisar guiões, planos e objectivos de todo o lado do cinema e televisão, de forma a manter a qualidade e o selo de aprovação da Warner Brothers. Kevin Feige é o correspondente do lado da Marvel, e em muito o seu trabalho tem sido reconhecido com mais de uma dúzia de filmes e um mundo de séries, todo incluído e apaparicado pela crítica e fãs. Muitos já achavam necessária esta nova reestruturação depois do falhanço crítico dos dois primeiros filmes e da geral falta de organização entre os realizadores para darem continuidade às narrativas.

Lê Também:   Obra-prima de Christopher Nolan venceu três Óscares e deixa a Netflix já amanhã

A principal diferença é o facto de Geoff Johns não trabalhar sozinho, tendo do seu lado VP executivo Jon Berg. O último é já um mastro na estrutura da Warner Brothers, e ao especializar-se nos filmes da DC Comics, terá a função de supervisionar as produções, nomeadamente num nível administrativo. Berg traz experiência no trabalho em filmes de banda-desenhada, com os ainda por estrear, “Esquadrão Suicida”, “Mulher-Maravilha” e “Liga da Justiça”, onde serviu como produtor executivo. É então, com olhares optimistas que podemos ver esta parelha, reunindo o conhecimento de banda-desenhada com um verdadeiro executivo de Hollywood.

Que acham das novas mudanças da DC Comics? Esperam ver mudanças no calendário de filmes, ou irá tudo se manter como priorizado?


 



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *