Peaer (foto de Marcus Maddox)

“Don’t” é o primeiro single do novo álbum dos Peaer

É com o single “Don’t” que o trio de Brooklyn anuncia o seu próximo álbum, A Healthy Earth. Perde-te aqui no ziguezaguear matemático da nova canção dos Peaer.

O novo disco dos Peaer segue-se ao seu segundo álbum homónimo, de 2016. A Healthy Earth será lançado no dia 16 de Agosto pela Tiny Engines e resultou da aplicação de processos tradicionalmente relacionados com a música descritiva e a mimese tímbrica. Com o anúncio do álbum foi também divulgado o primeiro single, “Don’t”, que exemplifica o equilíbrio sonoro presente no novo álbum entre um ponto de partida e uma composição cerebrais, por um lado, e uma ligeireza intimista, espontânea e até irónica, por outro.

Lê Também:
Mês em Música | Playlist de Junho 2019

Passados anos a compor e tocar com um alinhamento instável, a banda do vocalista e guitarrista Peter Katz estabilizou em 2016, durante a digressão para promover peaer, num trio completado pelo vocalista e baixista Thom Lombardi e pelo baterista Jeremy Kinney. Constituída agora por um professor de guitarra e dois engenheiros de estúdio, é normal que a banda componha música metodicamente, elaborando construções sónicas meticulosas.

Segundo um comunicado de imprensa, “desta vez, decidiram compor um álbum usando o conceito clássico de música descritiva, ao qual se referiram, brincando, como ‘trocadilhos musicais’. É uma técnica pela qual o conteúdo se reflecte nos próprios sons.” Exemplos desta abordagem à composição são o uso de uma progressão em círculo de quintas no ondulante tema de abertura, “Circle”, ou a inclusão em “Ollie”, uma canção sobre o cão de Katz, de um solo de clarinete baixo inspirado directamente na energia de um cachorro a correr por todo o lado. O resultado final é “um espaço onde indie-rock progressivo, slowcore e um pop assimétrico podem florescer harmoniosamente”.

Capa de A Healthy Earth
Capa de A Healthy Earth

O amor é um tema constante ao longo de A Healthy Earth, cuja narrativa global é uma investigação da nossa existência comunitária. A guitarra de “Don’t” desenvolve-se ao longo das estrofes repetindo insistentemente um tema com acentos de rock clássico, a lembrar Led Zeppelin, só para crescer e explodir no refrão, numa exibição de distorção pós-hardcore, ao som de uma melodia vocal emo de Katz, que lamenta a mentalidade provinciana e chauvinista de certos amigos do interior que o vêm visitar a Nova Iorque:  “Why do I even need to say this? / You act like you’ve never been in public / Why do you treat others like objects? / Man, I’d hate to see how you treat objects.”

Podes ouvir abaixo a versão de estúdio deste single, bem como uma versão ao vivo do mesmo numa sessão no Audiotree. Confere também o alinhamento de A Healthy Earth.

PEAER, A HEALTHY EARTH | “DON’T”

PEAR | “DON’T” AO VIVO NO AUDIOTREE

A HEALTHY EARTH | Alinhamento do álbum

  1. Circle
  2. Ollie
  3. Like You
  4. Commercial
  5. Don’t
  6. Multiverse
  7. Joke
  8. In My Belly
  9. I.K.W.Y.T.
  10. Wilbur
  11. Have Fun!

Maria Pacheco de Amorim

Literatura, cinema, música e teoria da arte. Todas estas coisas me interessam, algumas delas ensino. Sou bastante omnívora nos meus gostos, mas não tanto que alguma vez vejam "Justin Bieber" escrito num texto meu (para além deste).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *