F1 2015 – (PS4) | Análise

 

 f1 2015  

  • Editora: Codemasters
  • Produtora: Codemasters
  • Plataformas: PS4, Xbox One, PC

 

Classificação  [starreviewmulti id=8 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]

 

Finalmente chega às atuais consolas um jogo de Fórmula 1 para que os fãs possam sentir a velocidade da nova geração. Mas conseguirá a Codemasters oferecer uma experiência digna das novas consolas? Em muitos aspetos sim, mas noutros ainda existem falhas.

No que diz respeito ao ato de condução, F1 2015 é um excelente jogo e que irá prender qualquer fã, mas falha noutros aspetos, ficando a sensação que, apesar de chegar às lojas quando o campeonato está ao rubro, mais uns meses de desenvolvimento poderiam oferecer uma experiência mais completa. Mas vamos por partes…

Graficamente F1 2015 é um jogo bastante agradável. Apesar da versão PC ter alguns bugs detetados nos últimos tempos, e que serão corrigidos no futuro, a versão PS4 aqui testada por nós não apresenta bugs significativos, e o resultado é um jogo que oferece uma verdadeira sensação de velocidade e é isso que se pede num jogo de F1. Os carros estão bem definidos, tal como os pilotos que facilmente identificamos, mesmo durante as corridas, com as réplicas exatas dos seus capacetes. No entanto os nossos olhos também acabam por admirar os circuitos que já conhecemos, e se por um lado vemos que alguns apresentam pouca vida, notando-se que a Codemasters apostou mais no processamento da velocidade do que no movimento dos cenários, por outro lado temos de referir que o detalhe de alguns circuitos é de elevada qualidade. Mónaco e Abu Dhabi, por exemplo, estão fantásticos!

f1 2015

Ainda na parte gráfica, destaque para os acidentes, bem recriados apesar de na parte da jogabilidade os danos nem sempre serem coerentes. Por fim, não podíamos deixar de referir os efeitos climatéricos, com especial foco para a chuva, que por vezes quase nos dá uma agradável sensação de adrenalina perante certas velocidades, e ainda as ondas de calor criadas pelo asfalto e também pelos motores dos carros.

Em termos sonoros, F1 2015 oferece o que se pede. Não deslumbra, mas não falha, nunca estando a experiência comprometida por causa do ambiente sonoro que é tão importante num jogo de F1. Se tiverem um bom sistema de som, terão uma boa experiência ambiente, com os barulhos dos motores a invadirem o vosso espaço.

f1-2015

Todavia, é na jogabilidade que o jogo ganha qualidade e onde se exige que assim seja. Com tanta velocidade, seria necessário um excelente controlo do carro e F1 2015 enquadra-se num meio termo entre a simulação pura e o arcade, dependendo de cada jogador aumentar ou diminuir algumas ajudas. Da nossa parte, aconselhamos os jogadores a nunca começarem nos níveis mais baixos, sendo o intermédio uma boa rampa de lançamento.

E aos poucos, enquanto retiramos algumas ajudas, F1 2015 torna-se num dos melhores jogos de condução em termos de jogabilidade. Sentimos o carro em cada curva, em cada aceleração. É fácil perceber que não podemos simplesmente gatilhar o acelerador, é preciso pressionar com calma, sentir quando o carro pode começar a fugir ou onde devemos travar com mais ou menos força. A isto junta-se uma muito bem conseguida inteligência artificial, que apesar de por vezes criar momentos pouco realistas, estes são raros, e o que teremos pela frente são adversários capazes de fechar espaços, segurar posições e também atacar cada falha nossa, obrigando a uma concentração constante da nossa parte.

f1 2015_

O resultado são fantásticas corridas nas quais o jogador terá de conhecer muito bem as pistas e dar o máximo se tiver adaptado todas as ajudas e dificuldade para que tudo seja um desafio. E com tal cenário o jogo ganha bastante e rapidamente se torna num jogo em que teremos de dar o máximo da nossa concentração e perícia durante dez ou quinze voltas.

Com todos os pilotos e pistas da época passada, F1 2015 tem como grande foco o Championship mode onde seremos um piloto escolhido por nós e onde teremos de enfrentar a dureza de um campeonato inteiro de F1. Para além deste modo, teremos também o famoso Time Attack e o Pro Season, onde teremos de jogar com todas as dificuldades no máximo, correr nas sessões inteiras de cada fim de semana competitivo, usar apenas a visão do capacete e aguentar todas as voltas que os pilotos efetuam na realidade e sem as informações no ecrã que normalmente são disponibilizadas nos jogos de condução. Um modo apenas para os grandes fãs e que é o grande desafio do jogo.

f1_2015111

Infelizmente F1 2015 peca pela falta de outras opções de jogo. Não existe co-op nem o muito desejado modo carreira em que criamos um piloto e começamos por baixo nas equipas menos famosas. É aqui que entra a sensação que mais uns meses e este poderia ser um jogo muito mais completo.

F1 2015 oferece excelentes momentos de condução, sendo dos melhores nesse aspeto, mas que falha por ser limitado em opções e modos de jogo quando comparado a outros do mesmo género. Com tais adições, este seria um fantástico jogo. Assim, é muito mais um jogo para os grandes fãs e que será recordado pela sua fantástica jogabilidade. Se para vós ter poucos modos de jogo não é um problema, então F1 2015 é um excelente jogo se forem fãs da prova rainha dos desportos de condução.

 

Pontos fortes:

  • Boa inteligência artificial
  • Excelente jogabilidade
  • Sensação de velocidade

Pontos fracos:

  • Sem modo Carreira e Co-op

 

Hardware usado pela MHD para teste de jogos:

PS4:

  • PlayStation 4 Glacier White
  • DualShock 4 White
  • Razer Leviathan Sound System

PC:

  • Headphones Razer Carcharias
  • Keyboard Razer Epic Chroma

LP

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *