Anna Karina

Filmes a não perder na Cinemateca Portuguesa em maio (Parte I)

Eis a nossa recomendação, dos grandes filmes que serão exibidos na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema, no quinto mês de 2019. 

1 de 16

Durante todo o mês de abril, a Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema dedica um especial à retrospetiva de Anna Karina, no âmbito do IndieLisboa, o festival de cinema dedicado aos filmes do certame independente. Nesta que é a 16ª edição do festival de cinema, a atriz dinamarquesa Anna Karina é eleita como Heroína Independente 2019 pelo IndieLisboa. Relembremos que Anna Karina ficou sobretudo conhecida nos filmes de Jean-Luc Godard, com quem foi casada entre 1961 e 1967. Mesmo assim, a Cinemateca Portuguesa abre as portas a filmes de outros cineastas em que Anna Karina participou e também foi a estrela.

 Relevando a filmografia de Anna Karina no contexto da Nouvelle Vague francesa e para lá dela, esta ambiciosa retrospetiva da Cinemateca e do IndieLisboa sublinha a intensidade variada do seu trabalho: a totalidade dos seus filmes com Godard, os filmes com Valerio Zurlini, Jacques Rivette, Luchino Visconti, George Cukor, Volker Schlöndorff, Rainer Werner Fassbinder.

Na Cinemateca Portuguesa há também destaque para para a secção do festival  “Director’s Cut”, numa reflexão com a História do cinema, e a memória nela decorridas. Neste domínio destaque para filmes como “Ladrão de Alcova” (Ernst Lubitsch, 1932), “Vidas Inquietas” (Otto Preminger, 1953) ou “O Estrangeiro” (Luchino Visconti, 1967).

Anna Karina estará na Cinemateca Portuguesa em Maio

Cinemateca Portuguesa
Anna Karina

Para além de Anna Karina na Cinemateca Portuguesa, em maio há também espaço para o fim do ciclo “Povos em Movimento – Migração, Exílio, Diáspora”. O tema deste mês é a emigração portuguesa, com destaque para o movimento de migração para França nos anos 60 e 70 do século XX. Segundo a Cinemateca Portuguesa,

A escolha deve-se ao facto de, dentro desse tema mais geral, este ter sido de longe o fenómeno histórico que, pelo seu dramatismo único, se tornou objeto de maior investimento cinematográfico.

Os filmes escolhidos para os ciclos da Cinemateca do mês de maio refletem uma programação bastante interessante e diversa! Conhece tudo a seguir! 

1 de 16

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *