Only Lovers Are Left Alive © Sony Pictures Classics

Filmes a não perder na Cinemateca Portuguesa em julho (Parte II)

1 de 12

A Cinemateca Portuguesa apresenta em julho novos filmes na Esplanada e lembra os filmes que representam a noite. 

Antes de ir de férias em agosto, a Cinemateca Portuguesa apresenta durante os últimos dias de julho o melhor do cinema português, mas também estreias exclusivas e um especial sobre a Noite. Durante todo o mês de julho, a programação da Cinemateca está assente nas seguintes rubricas:

  • Cinema na Esplanada
  • A Noite
  • Jean-Clause Brisseau
  • Herman Melville no Cinema
  • Filmes Portugueses Legendados
  • Noites de Ouro 2019
  • Sessão Antecipação DocLisboa 2019

Entre as diferentes seções da programação da Cinemateca Portuguesa de destacar essencialmente o regresso de “Cinema na Esplanada”. A esplanada da Cinemateca Portuguesa é o local mais adorado pelos fãs de filmes independentes, clássicos, alternativos que normalmente são exibidos ao público nesse espaço.

“Only Lovers Are Left Alive”, obra de Jim Jarmusch com Tilda Swinton e Tom Hiddleston chega à Cinemateca Portuguesa, para celebrar o novo filme do cineasta independente sobre zombies: “Os Mortos Não Morrem”, estreado no passado dia 20 de junho nas salas de cinema comerciais.

[/tps_footer]

Filmes portugueses legendados exibidos Cinemateca

Morrer Como Um Homem
Morrer Como Um Homem © Rosa Filmes

De destacar ainda a exibição de filmes portugueses legendados pela Cinemateca Portuguesa ao longo de quinze dias do mês de julho.

A tradição começou em 2015 na instituição, e procura promover uma mostra eclética de filmes portugueses em cópias legendadas em línguas estrangeiras (inglês e francês). O objetivo é fazer chegar a cultura portuguesa a todos, sendo também Lisboa uma cidade cada vez mais dada aos estrangeiros. Segundo a Cinemateca,

Confrontando títulos e autores de épocas e registos diferentes, a regra é, acima de tudo, a da variação, assim como a do desafio a um conhecimento mais vasto por parte de outros públicos.

Estes novos públicos terão acesso a filmes como “Morrer Como um Homem”, de João Pedro Rodrigues, “A Caixa”, de Manoel de Oliveira, “Corte de Cabelo”, de Joaquim Sapinho e “O Processo do Rei”, de João Mário Grilo. Conhece a programação completa neste artigo.

Os filmes escolhidos para os ciclos da Cinemateca do mês de julho refletem uma programação cada vez mais distinta. Conhece o horário dos filmes da Cinemateca em julho, bem como a respetiva sala de exibição. 

1 de 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *