“Game of Thrones” | Martin comenta a cena de “violação” do último episódio

George R.R. Martin, através de um comentário no seu blog, deu a sua opinião sobre a cena “bruta” entre Jaime e Cersei no último episódio. Para quem não leu a obra pareceu chocante, para quem leu, pareceu muito diferente (na obra Jaime chega a King’s Landing apenas quando Cersei está no Septo a chorar por Joffrey).

“Na obra, Jaime não está presente na morte de Joffrey e Cersei está com medo que também ele tenha morrido e Jaime aparece, diferente, mas o seu Jaime. Embora o tempo e o local sejam errados e Cersei tenha medo que sejam descobertos, tem vontade de estar com ele e vice-versa.”.

“A dinâmica da série é diferente, em que Jaime já regressou há umas semanas, talvez mais, e já estiveram juntos noutras ocasiões. O cenário é o mesmo mas nenhuma das personagens estão no mesmo ponto que nos livros. Daí os produtores terem feito a cena de modo diferente. Mas isso é a minha percepção, nunca discutimos sobre essa cena.”.

Martin diz ainda que há cenas que têm de ser diferentes dos livros. “Escrevi a cena do ponto de vista de Jaime, por isso o leitor sabe o que lhe vai na mente. Na série a câmara é externa, não se sabe o que cada um sente e pensa, apenas o que dizem e fazem. Se a série mantivesse as falas de Cersei dos livros talvez tivesse ficado uma impressão diferente da cena, mas esse diálogo foi escrito com base nas circunstâncias dos livros, dito por uma mulher que estava a ver o seu amor pela primeira vez depois de pensar que estava morto. Não penso que tivesse resultado bem na mesma timeline da série.”.

Pessoalmente, penso que George R.R. Martin diz algumas coisas algo “inconvenientes” para os produtores da série. Sabe-se que trabalham em simbiose, mas dá a ideia que Martin vai lidando mal com as exponenciais diferenças em relação aos livros. Recentemente foi o “episódio” do filme para concluir a história, agora a dar uma certa ideia que não é consultado em algumas decisões.

Lê Também:
Barry | Entrevista a Anthony Carrigan

Powered by: APS Portugal / Game of Thrones (Portugal)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.