Hitman – Episode 1 (PS4) | Análise

Neste primeiro episódio de Hitman o enredo leva-nos pelo treino do agente 47 e depois à sua primeira grande missão. Com vários episódios a serem lançados até ao fim do ano, será que Hitman nos convence já no início?


Hitman_2015

Editora: Square Enix

Plataformas:  PS4

[starreviewmulti id=8 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]

 


 

Sendo um jogo faseado em episódios iremos tornar esta análise rápida e preparada para os próximos lançamentos do enredo. Hitman prima por uma jogabilidade de topo. Tanto na fase de treino como depois em Paris, o jogo permite uma enorme variedade de possibilidades para cada missão. É fácil perceber que se repetirmos este jogo algumas vezes, iremos sempre vencer os nossos inimigos de formas diferentes. O jogo incentiva à própria criatividade do jogador com cenários cheios de possibilidades, muitos disfarces e armas à nossa disposição e um enredo interessante.

Lê Também: The Division (PS4) | Análise

Durante a execução dos objetivos vemos como Hitman consegue criar a atmosfera stealth que se pede na saga. Sentimos que nos estamos a infiltrar, que não podemos cometer um erro e que iremos matar o alvo mesmo que esteja rodeado de guardas. Dá prazer criar estratégias, planear cada detalhe e depois avançar. O problema está na inteligência artificial, que é fraca. Os nossos inimigos não são inteligentes e por vezes nada fazem quando estamos a ter um comportamento demasiado estranho. Este detalhe, que pode parecer insignificante, altera toda a atmosfera que o jogo tenta criar.

Lê Também:
Square Enix revela remaster de Nier

Graficamente é um jogo interessante, sem deslumbrar, mas com um design de alto nível, ou não estivéssemos a falar de Paris. Na componente sonora porta-se bem com bom trabalho de vozes, efeitos sonoros e uma música que ajuda à atmosfera.

Sendo um jogo episódico não dá para perceber onde o enredo nos leva, mas a base está criada e parece ter pernas para andar. As possibilidades são muitas e Hitman tem tudo para ser o melhor jogo da saga quando todos os episódios estiverem lançados. No entanto, para que a atmosfera se torne mesmo intensa, a inteligência artificial tem de ser melhorada.

Lê Também: Heavy Rain and Beyond: Two Souls Collection (PS4) | Análise

 

Hitman é um jogo interessante enquanto o jogador o explorar com gosto. Sendo apenas um episódio é normal que ao fim de algum tempo deixe de ter muito para oferecer. Repetir as missões vale a pena, mas não exagerem e esperem pelo próximo, já no próximo mês.

Lê Também:
Square Enix revela remaster de Nier

 

Pontos fortes:

  • Paris
  • Muitas formas de avançar, infiltrar e matar
  • Início com enredo interessante

Pontos fracos:

  • Inteligência artificial abaixo da média mancha a jogabilidade

Hardware usado pela MHD para teste de jogos:

PS4:

  • PlayStation 4 Glacier White
  • DualShock 4 White
  • Razer Leviathan Sound System

PC:

  • Headphones Razer Carcharias
  • Keyboard Razer Epic Chroma
  • Mouse Razer Naga Epic Chroma

Luís Pinto

 

Luis Pinto

Software developer - Autor do canal Tek Test - Apaixonado por jogos desde o tempo do Spectrum!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *