Jack Reacher – análise

 

Poster Jack Reacher Título Original: Jack Reacher

Realizador: Christopher McQuarrie

Elenco: Tom Cruise, Rosamund Pike, Richard Jenkins

Género: Ação, Thriller

ZON | 2012 | 130 min

Classificação: [starreviewmulti id=6 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]

 

A obra policial de Lee Child, “One Shoot”, chega ao grande ecrã com Tom Cruise no papel principal.

Jack Reacher entra de rompante na ação. Começamos por ver a preparação e o banho de sangue, que obriga que Reacher volte para cumprir uma promessa que fez a James Barr, acusado de ser responsável pelo massacre. Durante o interrogatório da polícia Barr pede a presença do seu “amigo”, despertando o interesse da polícia neste tal Jack Reacher. A personagem é-nos apresentada assim, com dois polícias a lerem um ficheiro sobre ele. As intenções de Reacher não nos são reveladas logo de início e, quando o são, nós ficamos com a sensação de que há mais qualquer coisa por descobrir. Só o que nos é revelado não valia tanto trabalho.

Jack-Reacher-Cruise

Normalmente não se espera que um filme de acção tenha um grande enredo. A ideia é relaxar um bocado enquanto se assiste a algumas cenas de pancada e não pensar muito. Em “Jack Reacher” o enredo é entusiasmante, as voltas e reviravoltas (não muito inesperadas), prendem-nos ao ecrã, satisfazendo assim um público que procura mais do que apenas perseguições e pancadaria. Christopher McQuarrie faz um trabalho fantástico ao criar ação que o público adora, com um sentido de realismo à mistura.

Tom Cruise é um Reacher implacável, capaz de tudo para fazer o que acha estar certo. Cruise já tem muita experiência em papeis deste género mas a verdade é que nunca nos cansamos de o ver em acção, seja pela sua representação ou pela sua dedicação a cada papel. Qualquer que seja a razão, Cruise é um fator importante para ficarmos presos ao ecrã. O elenco no geral portou-se bem, embora não consigam acompanhar Cruise, que por onde quer que passe deixa mossa.

Jack-Reacher-Cruise-Pike

“Jack Reacher” não vai desiludir aqueles que procuram um bom filme de ação, mas também não deixa insatisfeitos os que procuram um pouco mais.

Lê Também:
The Wheel of Time volta a aumentar o elenco

Rodrigo Marques

Blog: http://stufftal.blogspot.pt

0 thoughts on “Jack Reacher – análise

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *