"Suspiria (2018)" © Amazon Studios

Luca Guadagnino mata possibilidade de uma sequela para Suspiria

Depois de “Suspiria (2018)” ter feito poucos lucros em sala, o realizador, Luca Guadagnino não espera conseguir filmar a sequela.

Em 1977, um realizador italiano de seu nome Dario Argento, lançou aquele que se viria a tornar num dos maiores clássicos da história do cinema de culto. Um giallo excepcional, povoado por uma fotografia de cores vivas, cenários vibrantes e uma banda sonora única que se sobrepõe às cenas do filme, atribuindo-lhes um tom de mistério e dando-nos uma clara sensação de perigo iminente. Estas características viriam a influenciar uma quantidade infindável de obras futuras, sendo possível, ainda hoje,  encontrá-las, não só em filmes actuais como em filmes mais antigos.

Toda esta influência não iria certamente passar despercebida e era apenas uma questão de tempo até aparecer um remake. Esse remake chegou em 2018 e apesar de, na maior parte das vezes, isto não serem boas notícias, desta vez, o projecto veio com a mão de Luca Guadagnino. Realizador do conceituado, “Chama-me Pelo Teu Nome”, Guadagnino apresentou um filme que não se limitou a ser um refazer do original, mas sim uma história própria, que rouba ao filme de 77, apenas as personagens.

Lê Também:
Top 10 cinema italiano | 7. Suspiria

O remake, estrelado por Dakota Johnson e cuja banda sonora ficou a cargo de Thom Yorke, obteve um grande sucesso junto da crítica, mas infelizmente, esse sucesso não se reflectiu nos lucros do filme. Luca Guadagnino referiu agora que o filme foi criado como “(…) a primeira parte de uma história maior”. Infelizmente a oportunidade de vermos o resto dessa história encontra-se muito incerta. Ao ser questionado sobre o estado da possível sequela, Gadagnino referiu que a mesma era improvável, devido à fraca prestação do primeiro filme em sala.

Com esta actualização, o realizador falou também um pouco sobre aquilo que poderíamos ter visto no filme. Segundo o mesmo, a história centrar-se-ia em cinco linhas narrativas, sendo uma delas dedicada a Helena Markos e à sua origem. Apesar desta infelicidade, Luca Guadagnino continua a trabalhar, tendo recentemente realizado os 8 episódios da série, “We Are Who We Are” e preparando também a tão aguardada sequela de “Chama-me Pelo Teu Nome”.

TRAILER | O REMAKE DE SUSPIRIA, DE LUCA GUDAGNINO

Estarias interessado/a numa sequela de “Suspiria (2018)”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *