Maldição da EA volta a atacar

 

Ultimamente fala-se muito de maldições relativamente a desportistas. Já temos a de Aaron Ramsey, jogador do Arsenal, que cada vez que marca um golo alguém famoso acaba por falecer pouquíssimos dias depois. Agora começa a surgiu outra, a maldição da EA.

A maldição do jogador britânico já é do conhecimento geral e já se tornou uma espécie de piada no meio. Ainda no sábado passado (dia 5) Ramsey marcou um golo, e já estava toda a gente a espera de saber quem iria falecer. No entanto, e como sabemos há sempre gente muito atenta a tudo, começou-se a notar uma tendência nos videojogos à já alguns anos, e re-surgiu assim a maldição da EA.

Não percas: Heavy Rain and Beyond: Two Souls Collection (PS4) | Análise

Há já algum tempo que existia o mito que engloba os atletas que surgem nas capas dos videojogos da EA Sports, que incluem franquias como Madden NFL, FIFA e UFC. Esta maldição – nome ligeiramente pesado mas vamo-nos referir assim – dita que o atleta que figura na capa do jogo, acaba por ter sempre uma temporada péssima. Isto vinha-se a passar sobretudo com os atletas que apareciam nas capas da série Madden NFL, mas parece que agora passou para os atletas do UFC.

Lê Também:
FIFA e Electronic Arts terminam a sua parceria

maldicao da ea ufc

Lê também: EA Sports UFC (PS4) | Análise

Desde 2010 que atletas têm vindo a sofrer deste mal. Brock Lesnar perdeu o cinturão de pesos pesados; em 2012 foi a vez de Anderson Silva que desde então anda numa maré de azar que envolve derrotas, dopping e lesões; em 2012 Jon Jones envolveu-se em problemas com cocaína, derrotas e afastamento do desporto, e Alexander Gustafsson que dividiu a capa com Jones,desde então só perde.

Para o EA Sports UFC 2, os aclamados Ronda Rousey e Conor McGregor foram as estrelas da capa que se seguiram. Dias depois de ser apresentada a capa do jogo, Ronda Rousey perdeu o título que detinha para Hollyu Holm e, menos de um mês depois, foi a vez de McGregor perder a oportunidade de lutar pelo título com Nate Diaz. Foi a primeira derrota de McGregor em seis anos.

Lê Também:
FIFA e Electronic Arts terminam a sua parceria

Bem sabemos que se trata de uma simples coincidência, tal como a de Aaron Ramsey, no entanto não deixa de ser curioso a frequência com que isto tem vindo a acontecer.

EA Sports UFC 2 sai a 17 de março para Playstation 4 e Xbox One.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.