© Prime Video

Malvino Salvador e Barbara Reis revelam os segredos por trás da nova série brasileira da Prime Video

A Magazine.HD esteve à conversa com Malvino Salvador e Barbara Reis, protagonistas de “Negociador”, e descobriu todos os segredos da nova série da Prime Video.

Estreou a 21 de julho e é, atualmente, a série mais vista na Amazon Prime Video Brasil e a terceira mais popular em Portugal, neste momento. Conta com um elenco bem conhecido do público brasileiro e tornou-se num policial de grande sucesso na plataforma de streaming. Falamos de “Negociador“, o novo projeto de Isabela Valiante que conta com Malvino Salvador e Barbara reis nos papéis principais. A série acompanha o dia-a-dia de Gabriel Manck, um negociador da polícia que tem de lidar com a perda da mulher e o estado depressivo do filho, ao mesmo tempo que é acusado de homicídio.

Lê Também:   Operação Maré Negra T2, em análise

A Magazine.HD esteve à conversa com Malvino Salvador e Barbara Reis, ambos atores de conhecidas telenovelas brasileiras, e com a realizadora de “Negociador”, Isabela Valiante. Numa descontraída conversa, os dois protagonistas falaram-nos dos desafios enfrentados para construírem as suas personagens, bem como o treino que tiveram para saberem lidar com as situações policiais.




Magazine.HD: Em primeiro lugar, gostaria que nos apresentassem as vossos personagens na série “Negociador”, por favor.

Bárbara Reis: Bom, a minha personagem é a Major Chacur que é a comandante direta do personagem do Malvino Salvador, que é o Gabriel Menck. Eu vejo muito a relação dos dois como uma relação de uma construção de uma amizade dentro do trabalho, seguindo uma hierarquia que tem que ser respeitada, por conta da hierarquia da polícia. E vejo muito nessa relação dos dois essa equidade entre o Capitão e a Major. E para eles construírem essa relação de trabalho, e sendo uma mulher superior a ele, a minha personagem é muito pragmática. Ela segue muito as regras dentro da corporação. Então, ela é muito racional, e junto com o Menck ela aprende a ser muito mais coração, porque o personagem do Gabriel Menck, do Malvino, é uma pessoa totalmente coração, totalmente movido pela paixão e pela emoção, e assim ele vai conseguindo resolver as questões do sequestro e das coisas que acontecem,

Malvino Salvador: Eu concordo com a Bárbara quando fala sobre o Manck ser muito emotivo, de agir muito na emoção. Embora seja um negociador, tem uma capacidade de articulação, de seguimento, de olhar de fora e não se envolver tanto, porque ele lida com situações muito graves e muito tensas. Mas o que acontece é que o Gabriel começa nessa história num momento da vida muito delicado para ele, porque é logo após a morte da esposa, após uma discussão que eles tiveram numa festa no GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais). A série começa quando ele volta para o trabalho após uma licença de luto, com o filho em casa, traumatizado, sem falar, meio que catatónico. E com esse problemão em casa, ele sente-se culpado pela morte da esposa. Então, ele está emocionalmente abalado, mas tem que lidar com situações onde ele tem que trazer o racional e a inteligência para saber lidar e saber dissolver esses sequestros, fazendo com que nada de ruim aconteça.

Ele meio que entra na história como a personagem que faz a diferença na mudança de postura do GATE. Isso vai ser bem mostrado na história. O GATE antes tinha uma postura de tentar desbaratar os sequestros, matando os bandidos. O Manck vem com uma nova visão, uma nova postura que fala ‘espera aí, não é assim que nós devemos agir. Os bandidos precisam de ter confiança de que a gente está ali para negociar com eles, porque eles vão ter a segurança de que eu vou tirar dali todo o mundo com vida’. É o grande diferencial que eu vejo em relação à postura do Menck com o trabalho dele no GATE. Então, realmente ele é muito emocional. Ele está num momento muito abalado, lida com essas coisas racionais, mas é um cara com convicções firmes e ele luta por isso até ao fim. E vai ser enredado aí numa trama, onde vão querer colocar ele como culpado da morte da esposa, porque ninguém sabe o que aconteceu de facto.

negociador
© Prime Video



Magazine.HD: Como é que se prepararam para os vossos papéis em “Negociador”? 

Bárbara Reis: Eu começo a construção das minhas personagens muito através do que está no roteiro, através do que o autor fala sobre ela e sobre também as indicações da direção da Isabela [Valiante]. Não procuro muitas referências externas, porque eu acredito muito que a personagem sou eu também, porque eu me dou para ela. Então, eu não procuro referências externas para que eu não me deixe influenciar por aquilo que já existe. Eu criei mesmo a partir do roteiro e de indicações da direção e do que eu acreditava que ela seria. Porém, nós que estivemos no batalhão do GATE, tivemos contacto com o treinamento deles diário de força e de agilidade. Tivemos palestras sobre como é que um negociador age de acordo com os procedimentos da Corporação. Isso tudo fez com que a gente também conseguisse falar o texto, porque são muitas palavras específicas da profissão. Por exemplo, aqui estávamos a falar sobre bandidos, mas lá eles chamam de ‘tomadores’. Então, tudo isso a gente aprendeu para podermos construir cada um a sua personagem à sua maneira. 

Malvino Salvador: Eu também sigo uma linha parecida com a Bárbara e também não costumo ver outras referências para criar personagens. Isso aconteceu uma vez, num outro trabalho que eu fiz, que era uma comédia, e eu fui buscar referências ao Chaplin. Eu também pego muito o que já está escrito no roteiro, ele já te dá uma indicação muito forte do que é a personagem. Depois, tu tens um trabalho de conversa com a equipa e com a direção, junto com a preparação de elenco. E aí começa essa preparação… foram dois meses, mais ou menos, de preparação de elenco. Nós ficávamos de Segunda a Sexta-feira em São Paulo. É muito intenso! Inclusive, nós chegávamos de manhã e saímos à tarde… o dia inteiro a fazer inúmeros exercícios, exercícios esses que iam fazendo com que a gente começasse a estabelecer relações entre as personagens, porque nem uma personagem na história é isolada, ela tem relações com outras personagens. Nós conseguimos estabelecer essas relações, essa comunicação no ensaio. Aí vais tendo os insights, vais trazendo o que acreditas, e vais sendo orientado pelas pessoas que estão ali por trás a dirigir. E assim vamos moldando essa personagem.

negociador
© Prime Video



Magazine.HD: Como é que é olhar para o resultado final de “Negociador”?

Malvino Salvador: Eu acho que o tempo que nós passámos de preparação foi essencial para criar uma coisa que eu acho… não, que eu tenho a certeza que aconteceu nessa série, porque eu assisti até ao oitavo capítulo [risos]… ela tem uma verdade muito grande na troca entre os atores. Eu consigo ver todos os personagens ali como personagens reais. E isso deixa-me muito feliz porque é legal! Quando tu vês algo assim, tu acreditas naquilo que está a acontecer naquela cena. Nós criámos uma unicidade nisso. 

Lê Também:   Culpa Minha | Entrevista aos protagonistas

Magazine.HD: Isabela, quais é que foram os maiores desafios a nível da realização? 

Isabela Valiante: Eu acho que o maior desafio é, principalmente, fazer isso que eles estavam a falar, que é juntar um batalhão de atores, em que alguns já tinham trabalhado juntos, outros não, e transformar isso num grande encontro de famílias e criar essas relações. Eu acho que nós tivemos um trabalho de ensaio muito importante! Eu brinco que a gente ensaiava para descobrir o que é que podemos errar [risos]. Nós ficávamos a errar até acharmos um caminho e chegarmos a um lugar num tom certo. Mas eu acho que, em termos de produção, como é uma série em que a cada episódio temos um sequestro diferente, num cativeiro diferente, com pessoas diferentes, é um elenco muito grande, que não se resume só ao batalhão… é um elenco de sequestradores e sequestrados, que teve de ser tratado caso-a-caso. E é sempre uma locação diferente, que significa uma decupagem diferente, um jeito de olhar para aquilo diferente. E aí entrou a direção de arte e figurino, para fazer cada episódio num tom. É como se fossem oito pequenos pequenos filmes. E eu fico muito feliz de ver que está tudo lá! 

TRAILER | NEGOCIADOR JÁ ESTÁ DISPONÍVEL NO CATÁLOGO DA PRIME VIDEO

Já assististe a “Negociador”? Quais as tuas séries policiais preferidas?



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *