Luca Guadagnino & Margaret Atwood

Margaret Atwood e Luca Guadagnino vão estar em Portugal

Sim, leste bem, o realizador de “Chama-me Pelo Teu Nome” e a autora de “The Handmaid’s Tale” vão estar, muito em breve, no nosso país!

Margaret Atwood e Luca Guadagnino vão estar em Portugal para o festival Fórum do Futuro, no Porto. O evento, iniciado em 2014, tem como principal objectivo reunir convidados de múltiplas disciplinas e diferentes geografias culturais para reflectir sobre questões fundamentais para as sociedades contemporâneas. Todos os anos a temática é diferente e, nesta edição, o tema central é a “Antiguidade e as antigas civilizações”. Desta forma, o fórum ganha o nome de “Ágora Club”, onde será discutido como as ideias da Antiguidade se reflectem na sociedade contemporânea.

Lê Também:
Em Outubro: Saia, Curta

Atwood irá estar à conversa numa sessão intitulada de “Mitos na Minha Obra”, moderada por Gareth Evans, escritor e curador na Whitechapel Gallery. A autora, mais conhecida pela obra literária “The Handmaid’s Tale”, irá explicar, entre outros temas, por gosta de definir as suas obras como “realismo social” e “ficções especulativas”.

atwood the Handmaid's Tale
Sabias que Atwood entrou em “The Handmaid’s Tale”?

Curioso que uma das inspirações para a sociedade distópica de Gilead, aconteceu na Argentina nos anos 70. Durante a ditadura militar da Argentina, que durou 7 anos, de 1976 a 1983, centenas de mulheres grávidas, que estavam na resistência ao regime, foram presas e os seus companheiros foram mortos. Já que se encontravam grávidas foram mantidas vivas até darem à luz. Após o seu nascimento, os recém-nascidos eram entregues a famílias de militares que tinham dificuldades em terem filhos, e as mães executadas nos centros clandestinos onde estavam presas. Soa-te familiar?

Lê Também:
The Handmaid's Tale, primeira temporada em análise

Um dos outros convidados de renome deste festival, é o cineasta italiano, Luca Guadagnino. Em conversa com Nico Marzano, curador de cinema do Institute of Contemporary Arts em Londres, o realizador discutirá a importância do desejo no seu trabalho e as inspirações greco-romanas dos seus filmes. A sessão, designada por “A Estética do Desejo”, irá abordar três das principais obras cinematográficas de Guadagnino, de entre as quais o vencedor do Óscar para Melhor Argumento Adaptado, “Chama-me Pelo Teu Nome“.

Luca Guadagnino com Timothée Chalamet e Armie Hammer

O cineasta irá estar presente no dia 4 de novembro e Atwood, no dia 8, ambos no Grande Auditório do Teatro Rivoli. Para além da dupla, a edição “Ágora Club” contará com a presença de outros ilustres convidados como o arquitecto japonês Toyo Ito, vencedor do Prémio Pritzker em 2013 e autor de inúmeros edifícios públicos como o Estádio Nacional de Taiwan, ou a activista feminista, Nadya Tolokonnikova, da banda russa Pussy Riot.

 A entrada para o festival é livre, mas é necessário levantar bilhete no dia e no local de cada sessão.

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *