Os melhores filmes LGBTQ+ dos últimos 10 anos

Nos últimos dez anos, o cinema queer tem vindo a crescer em importância, popularidade e influência com filmes como “Moonlight” e “Carol”. Aqui, vamos listar alguns dos melhores trabalhos de cinema sobre temas LGBTQ+ desta última década cinematográfica.

1 de 26

Para celebrar este mês do Orgulho LGBTQ+, a Magazine.HD propõe-se aqui a listar alguns dos melhores, mais importantes e influentes filmes de temáticas e personagens queer dos últimos dez anos. Desde 2008 que muito tem mudado, tanto na nossa sociedade global como no cinema, e filmes sobre tais temas têm vindo a ser cada vez mais relevantes e até mais numerosos. Mesmo ao nível do mainstream, obras como “Com Amor, Simon” têm vindo a conquistar o seu lugar nos corações da cinefilia mundial e na história da sétima arte.

Ao todo, esta lista tem 25 títulos, de 25 cineastas diferentes, sendo que decidimos não repetir realizadores com medo que autores como Xavier Dolan dominassem. Contudo, não obstante quão abrangente o nosso artigo sobre melhores filmes LGBTQ+ possa parecer, vão ser muitos os títulos que ficam de fora. Tentámos, no entanto, representar uma certa variedade de abordagens, temas e tipos de indivíduos representados.

theo et hugo cinema queer lgbt
“Théo et Hugo dans le même bateau ” é um dos muitos excelentes filmes que, infelizmente, acabaram por ficar fora da nossa lista.

Algumas menções honrosas de destaque incluem, por exemplo, alguns filmes que ousam integrar sexo explícito, muitas vezes não simulado, em propostas narrativas. Veja-se, por exemplo, “I Want Your Love”, que foi mesmo produzido por um estúdio de pornografia gay e “Théo et Hugo dans le même bateau”, a história de uma noite inesquecível que começa com uma orgia num clube noturno parisiense.

Também filmes documentais, mais experimentais e inclassificáveis ficaram, infelizmente, de fora, como é o caso de “How to Survive a Plague” e o ensandecido “Rabioso sol, rabioso cielo”. Talvez por isso mesmo seja melhor encarar esta lista, mais como recomendações do que como um ranking criticamente objetivo.

Lê Também:
De Supergirl a Wonder Woman | A História de super-heroínas no cinema

Enfim, segue as setas para explorares a lista e, caso não tenhas visto os filmes mencionados, retifica a situação o mais depressa possível. Acredita que não te vais arrepender.

1 de 26

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *