Os melhores e piores posters da semana (28/05-03/06)

Uma aventura coreana, os sonhos encantados da Disney e uma das figuras mais icónicas da 2ª Guerra Mundial dominam os melhores posters da semana.

A semana passada despedimo-nos da glória de Cannes e todos os posters que saíram desse festival de cinema e seus filmes selecionados. Esta semana, com a temporada dos blockbusters de verão a começar e as campanhas publicitárias dos filmes de prestígio da segunda metade do ano a começarem a ganhar gás, o panorama dos cartazes é bem diferente. Um tema comum aos três projetos que selecionámos para a lista dos melhores posters da semana é o uso de coleções de cartazes apresentados em conjunto como parte ou de uma campanha de marketing ou de uma manifestação de propósito artístico. Isso é no panorama dos melhores, no que diz respeito aos piores cartazes dos últimos dias, temos, mais uma vez, um trio de cabeças flutuantes e entediantes fotos de atrizes principais sem qualquer mostra de criatividade ou engenho gráfico.

2 de 7

OS MELHORES POSTERS DA SEMANA #1

 

melhores posters okja

Consulta Também: Calendário | Festivais de Cinema 2017

Apesar de nos termos despedido do Festival de Cannes, não nos despedimos por completo dos seus filmes como se pode ver nesta coleção de cartazes para Okja, o filme produzido pela Netflix que causou muita polémica na Croisette e levou à criação de novas regras para a seleção e subsequente distribuição comercial dos filmes em competição. Aqui vemos as várias personagens do filme serem apresentadas em toda a sua colorida glória, os seus corpos segmentados como o desenho de um porco no talho, mas, ao invés de termos uma descrição das partes do seu corpo, temos uma desconstrução das suas personalidades e papel no filme. É um design inteligente, divertido e uma boa maneira de dar a conhecer o elenco desta aventura a uma audiência que ainda não sabe muito sobre esta megaprodução sul-coreana.

Lê Também:
The Beatles: Get Back, em análise
2 de 7

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Cláudio Alves has 1520 posts and counting. See all posts by Cláudio Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *