Morreu a apresentadora Joan Rivers

 

A comediante Joan Rivers morreu esta quinta-feira, segundo a filha, Melissa Rivers, em comunicado à imprensa.

Rivers, de 81 anos, estava internada há uma semana após paragens respiratórias e cardíacas durante uma cirurgia às cordas vocais. Na quarta-feira passada, a comediante tinha deixado a Unidade de Cuidados Intensivos e sido transferida para um quarto privado no hospital de Nova Iorque.

“Ela morreu pacificamente às 13h17, rodeada pela família e amigos próximos”, lê-se no comunicado oficial. “A maior alegria da vida da minha mãe era fazer rir as pessoas. Apesar de ser díficil de momento, sei que o seu último desejo era que voltássemos a rir brevemente”.

Rivers fazia parte de uma geração de comediantes e apresentadores de TV caracterizados por um estilo de humor ácido, da qual fazem parte Lucille Ball e Phyllis Diller, já falecidas, e Carol Burnett. Nos últimos anos da sua carreira, Rivers ficou conhecida pelas inúmeras cirurgias plásticas. Recentemente era uma das apresentadoras de “Fashion Police”, na qual fazia controversos comentários de moda e conjunto com Giuliana Rancic, Kelly Osbourne e George Kotsiopoulos. Joan não tinha medo de ser politicamente incorreta o que muitas vezes dava origem a polémicas com celebridades.

No seu currículo Joan tem também participações no “Tonight Show” como apresentadora temporária e ao comando de “The Joan Rivers Show” entre 1989 e 1993. Foi uma das pioneiras na cobertura do mundo das celebridades e passadeiras vermelhas.

 

 

Catarina Porfírio

Licenciada em Ciências da Comunicação | Apaixonada por séries, devoradora de livros e de grande parte de cultura pop. Tem a escrita como terapia e um ódiozinho de estimação a quem dá calinadas no Português. De vez em quando pode ser encontrada no Twitter @Cuquinha89

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *