Morreu Tobe Hooper, realizador de “Massacre no Texas” e “Poltergeist”

Tobe Hooper faleceu no passado sábado, com 74 anos. O realizador norte-americano era conhecido por grandes clássicos do terror, como “Poltergeist” e “Massacre no Texas”. A morte é atribuída a causas naturais.

O realizador Tobe Hooper, conhecido pelo seu trabalho no cinema moderno de terror, morreu aos 74 anos, em Sherman Oaks, Los Angeles. O óbito foi declarado no passado sábado e é atribuído a causas naturais.

O cineasta é o autor de grandes clássicos como “Massacre no Texas” (1974) e “Poltergeist” (1982), obras que lhe conferiram o estatuto de figura de culto junto de várias gerações de espectadores.

O argumento de “Massacre no Texas” foi escrito pelo próprio Hooper, em colaboração com o seu amigo Kim Henkel. A história foi inspirada no caso real do assassino Ed Gein e tornou-se num dos filmes de terror mais influentes de sempre, devido ao seu realismo e ao seu caráter perturbador.

Lê Também:
Guia das Estreias de Cinema | Agosto 2017

Menos de 300 000 dólares foi quanto bastou para retratar um grupo de jovens que, ao visitarem o túmulo do avô, encontram uma família de canibais liderada por aquele que é hoje o icónico assassina da serra elétrica: “Leatherface” (Gunnar Hansen).

O filme foi tão controverso que a sua transmissão chegou a ser proibida em vários países. Isto não impediu, no entanto, que dele surgissem pelo menos três sequelas e dois remakes.

Só em 1982, com “Poltergeist”, Tobe Hooper atingiu o sucesso comercial. Escrito e produzido por Steven Spielberg, também se tornou um clássico do género, ao narrar a batalha de uma família contra as forças sobrenaturais que assolam a sua casa.

Lê Também:
Top 2016 | Os 10 melhores guarda-roupas do ano

A sua carreira conta ainda com a mini-série de quatro horas “A Hora dos Vampiros”, uma adaptação do livro de Stephen King, e com o videoclipe “Dancing with Myself”, de Billy Idol.

Mais recentemente, Tobe Hooper foi homenageado no Festival de Cannes, em 2004, quando a cópia restaurada de “Massacre no Texas” foi exibida, na Quinzena dos Realizadores.

O realizador nasceu em Austin, Texas, e foi professor universitário antes de entrar no mundo dos documentários. Deixou dois filhos.

Partiu uma personalidade muito importante do cinema de género de ’70 e ’80. Hooper é imortalizado por revolucionar por completo o terror como hoje o conhecemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.