A Nintendo Switch foi anunciada e promete trazer uma nova revolução ao mundo dos videojogos.

A Nintendo Switch irá juntar como nunca antes as funções de consola doméstica e consola portátil num único produto.

Mistério desvendado, após todos estes meses de especulação sobre o que seria a Nintendo NX (o nome provisório daquela que seria  a próxima consola da Nintendo) temos finalmente a nossa resposta: a NX é na verdade a Nintendo Switch e pelo que vimos até agora estamos deveras impressionados e ansiosos pelo lançamento da nova consola do colosso nipónico dos videojogos.

Pelo que foi demonstrado até agora, a Switch é uma consola que “mistura” as características de uma típica consola doméstica, a qual é ligada a um televisor e jogada a partir do conforto do sofã, com as vantagens de  uma consola portátil. Isto porque a consola terá dois comandos “Joy-Con” que podem ser usados de diversas maneiras: podem ser utilizados separadamente por dois jogadores por forma a jogarem em conjunto, podem ser combinados numa base para formar um “comando” mais tradicional para o uso em casa, ou podem ser colocados nos encaixes laterais da ecrão para a tornar numa consola portátil e permitir jogar em movimento.

Lê também: Son Goku malvado irá fazer parte do jogo Dragon Ball Xenoverse 2

Adicionalmente, isto cria um sistema que permite jogar em casa, desconectar a consola, levá-la connosco e continuar a jogar fora de casa, com todo o progresso que fizerem no jogo guardado entre o modo doméstico e o portátil.

E embora possamos contar como sempre com a Nintendo para nos dar jogos da maior qualidade, também podemos esperar jogos provenientes de outros nomes de respeito no mundos dos videojogos. Nomes como Bethesda, Capcom, Activision, Square Enix, From Software, Electronic Arts, Bandai Namco, Telltale Games entre muitos, muitos outros também irão criar os seus próprios jogos para a Nintendo Switch.

A Nintendo Switch ficará disponível em março de 2017. Daqui até lá continuaremos a manter um olho sobre esta nova consola que irá certamente mudar a forma como os videojogos são desfrutados.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *