O curioso caso da escolha de Sherlock Holmes…

 

Benedict Cumberbatch tornou-se uma estrela internacional depois da sua aclamada interpretação de Sherlock na série homónima da BBC, mas o argumentista Steven Moffat – que é também um dos principais criadores de “Doctor Who” – revelou ontem que Cumberbatch quase foi rejeitado para o papel de Sherlock Holmes por não ser “sexy o suficiente”.

Moffat compara a decisão à escolha de David Tennant para o papel de Casanova, em 2005. “Acerca do casting de David Tennant como Casanova disseram ‘deverias ter escolhido alguém mais sexy’. Com Sherlock foi a mesma coisa. ‘Prometeste um Sherlock sexy, não ele’”, disse o argumentista.

Apesar da arriscada decisão inicial, o criador confessou-se feliz por ter mantido a sua aposta no pouco convencional galã de 37 anos, que acabou por fazer da série o êxito que ela é hoje. Na verdade, Moffat acabou por confessar que Cumberbatch tem sido tão bem sucedido que se tornou uma verdadeira “maldição” conciliar a sua agenda com o papel na série.

Lê Também:   Estes são os 4 melhores thrillers psicológicos da Netflix

 Enquanto esperamos pelo regresso de “Sherlock” em 2016, partilhem conosco a vossa opinião: Benedict Cumberbatch é um Sherlock com sex appeal ou não?

benedict-cumberbatch-sexy

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *