Polícia canadiana ameaça obrigar detidos a ouvir Nickelback

Temos quase a certeza que este tipo de tortura viola umas quantas leis dos direitos humanos.

A luta por parte das forças da autoridade contra os malefícios da condução sob os efeitos do álcool já tentou de tudo para sensibilizar as pessoas. Com mais ou menos sucesso já vimos um bocado de tudo como as habituais campanhas de sensibilização, aplicação de coimas com diversos graus de severidade, penas de prisão, serviço comunitário… a lista é bastante longa. Mas é possível ir longe demais. Todo o exercício de autoridade incorre sempre o risco de ser usada de forma potencialmente abusiva e há certas medidas que podem causar dano até mesmo ao espírito de uma sociedade, abalando-a de tal forma que é imperativo questionarmos quais serão os nossos valores morais e se estes não se encontram em risco.

Lê também: Top Jogos: As séries mais vendidas de sempre | top 10 – 1

E é isso que nos leva à polícia de Kensington no Canadá a qual lançou o seguinte ultimato: qualquer pessoa apanhada a conduzir enquanto alcoolizada estaria sujeita a uma pesada coima, uma infração penal e a suspensão da carta de condução durante um ano e ainda, horror dos horrores, a ter de ouvir um dos álbuns dos Nickelback a caminho da prisão.

Nickelback

Portanto a todos os que estiverem a pensar visitar o Canadá, aqui fica desde já o nosso aviso de que todo o cuidado é pouco. Aliás, só para ficarem precavidos contra qualquer eventualidade, mais vale não beberem nada enquanto lá estiverem. Não, nem sequer água que é melhor nem arriscar.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *