Skate Kitchen © Bow and Arrow Entertainment

Queer Lisboa 2019 | Revelada programação completa

O festival de cinema Queer Lisboa, celebra a sua 23ª edição ao relembrar os 20 anos da Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa. 

O Queer Lisboa 2019 é um dos principais festivais da rentrée cinematográfica em Portugal (a par também do MOTELx e do LEFFEST), e este ano demarca-se pelas suas inúmeras celebrações importantes. Para além de serem celebradas 23 edições do festival, esta edição relembra os 50 anos de Stonewall, 40 anos da secção Panorama do Festival de Berlim e, talvez ainda mais importante, os 20 anos da Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa.

O objetivo desta 23ª edição do Queer Lisboa é mostrar o universo queer, na sua mais inesperada e ampla expressividade. Ou seja, este não é apenas um festival do cinema gay e lésbico, mas também um festival que quer dar voz às pessoas intersexo, transgénero e não-binárias. Segundo a organização, em comunicado de imprensa, a edição deste ano do Queer:

coincide com o ano em que se comemoram vários marcos, nacionais e internacionais, da história dos movimentos que reclamam o lugar das comunidades LGBTI+ (e) não podia deixar de fazer uma reflexão sobre o que significou meio século dos modernos movimentos de luta pelos direitos e dignidade destas mesmas comunidades. Importa-nos também refletir sobre os recuos a que assistimos nestas últimas décadas, que comunidades mais beneficiaram destas conquistas e que outras se viram postas de lado, vítimas por vezes do preconceito vindo de dentro da própria comunidade queer.

Entre os filmes “Em Competição” no Queer Lisboa, e que, portanto, concorrem ao prémio de longa-metragem encontramos: “And Then We Danced”, de Levan Akin, “Breve Historia del Planeta Verde”, de Santiago Loza, “Carmen y Lola”, de Arantxa Echevarría, “Greta”, do brasileiro Armando Praça (o cineasta estará presente em Lisboa), “Las Hijas del Fuego”, de Albertina Carri, “Memories of my Body”, de Garin Nugroho, “Port Authority”, de Danielle Lessovitz, e “Sócrates”, de Alexandre Morato.

Queer Lisboa 2019
Rachelle Vinberg, Ajani Russell, Nina Moran e Dede Lovelace em “Skate Kitchen” © Sundance Institute.

De destacar também a Queer Pop, a secção do festival dedicada ao universal musical, que este ano dá um grande foco sobre “Portugal Hoje”. O programa bastante curioso, presta homenagem aos artistas mais irreverentes da música portuguesa contemporânea: Conan Osíris (representante de Portugal na Eurovisão 2019) e Lena d’Água (que este ano lançou o álbum “Desalmadamente”). Serão assim apresentados dois documentários: “Conan, O Rapaz do Futuro”, de Daniel Mota, e “Lena d’Água – Nunca Me Fui Embora”, de Hugo Manso e Nuno Galopim.

Aliás, o documentário assume uma parte importante no Queer Lisboa 2019. Em competição, na categoria dos documentários existem oito filmes. São eles: “El Silencio Es un Cuerpo que Cae”, de Agustina Comedi, “Game Girls”, de Alina Skrzeszewska, “Irving Park”, de Panayotis Evangelidis, “Man Made”, de T Cooper, “My War Hero Uncle”, de Shaked Goren, “Ni d’Ève ni d’Adam. Une Histoire Intersexe”, de Floriane Devigne, “One Taxi Ride”, de Mak CK, e “Una Banda de Chicas”, de Marilina Jiménez.

Outro dos filmes em destaque é “Skate Kitchen”, a primeira obra de ficção da realizadora Crystal Moselle que envereda pelo mundo do skate feminino em Nova Iorque ao rodar várias atrizes Rachelle Vinberg, Nina Moran, Ardelia Lovelace, Jules Lorenzo, Brenn Lorenzo e Jaden Smith.

Por fim, pesa a antestreia do novo filme de Vicente Alves do Ó: “Golpe de Sol”. No elenco deste thriller estão os atores portugueses Oceana Basílio, Nuno Pardal, Ricardo Barbosa e Ricardo Pereira. A obra segue quatro amigos numa casa isolada no campo e um ambiente de mistério.  No total de Queer Lisboa deste ano contam-se 101 filmes provenientes de 36 países.

O Queer Lisboa ocorrerá entre os dias 20 e 28 de setembro, e como habitual conta com a Cinemateca Portuguesa e o Cinema São Jorge como locais de exibição dos filmes. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *