Resident Evil 2 Remake espera captar a essência do original

O remake de Resident Evil 2 foi anunciado em agosto do ano passado, mas para além do anúncio ainda nenhuma informação tinha sido divulgada sobre o seu desenvolvimento. Em conversa ao site Videogamer, o produtor Yoshiaki Hirabayashi revelou alguns detalhes do projeto.

Resident Evil 2 Remake

Hirabayashi contou que uma das metas da equipa é capturar o espírito e ambiente do original, algo que diz ser possível.

Para justificar o trabalho que a sua equipa está a desenvolver, o produtor relembrou o remake do primeiro jogo para a GameCube, dizendo que este é “a prova de que um remaster consegue capturar o jogo original”.

Hirabayashi falou também do seu envolvimento na saga, que começou justamente com o remake de 2002. “Pude aprender com colegas mais experientes e ver com os meus próprios olhos como eles conseguiram traduzir os seus esforços numa obra-prima baseada num jogo já tão conhecido. Foi uma experiência com um valor incrível para mim.”

Lê também: Resident Evil Origins Collection (PS4) | Análise

Quanto ao seu envolvimento com Resident Evil 2, Hirabayashi revelou que este foi o primeiro jogo da saga que experimentou. “Lembro-me de como foi jogá-lo pela primeira vez”.

O produtor não revelou se o jogo vai usar os ângulos de camara fixos da trilogia original ou se vai manter o estilo de camara sobre o ombro introduzido em Resident Evil 4, mas confessou que o feedback que a empresa recebeu depois de Resident Evil 6 ajudou a formar o remake.

Sem revelar mais sobre o jogo, Hirabayashi confirma que o trabalho no título está a progredir, pedindo aos fãs para se manterem pacientes e entusiasmados.

Resident Evil encontra-se neste momento a fazer a sua transição para a nova geração de consolas. Depois de Resident Evil 6 ter sido lançado para Playstation 4 e Xbox One o mês passado, segue-se Resident Evil 5 no verão e Resident Evil 4 no outono.

Gualter Santos

Licenciado em Comunicação Social. Viciado em Netflix. Sempre com uma consola no bolso para aproveitar ao máximo o tempo perdido em transportes públicos. Fã de jogos de ação e aventura, aventurando-se ainda num ou outro survival horror, quando se sente particularmente corajoso...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *