Amanda Seyfried, Dominic Cooper e Cher

Mamma Mia! Here We Go Again revela razão de Cher ser mãe de Meryl Streep

O realizador Ol Parker responsável pela sequela de “Mamma Mia!” revelou a razão de Cher ter sido a escolhida para interpretar o papel de mãe da personagem de Meryl Streep. 

Para Ol Parker realizar a sequela de “Mamma Mia!” foi uma tarefa desde logo levada na desportiva. A fim de superar o original, Parker queria ter a certeza que a sua sequela traria algo de novo, que não era apenas um subtítulo elaborado. E qual seria a melhor maneira senão ter Cher no elenco? Como a própria personagem da atriz refere no trailer: “Essas são as melhores festas, miúda”.

Parker afirmou que enquanto tratava do argumento do filme criou o papel de Ruby, a mãe de Donna Sheridan (Meryl Streep), especialmente para Cher. No primeiro filme, as personagens mencionam Ruby como uma cantora famosa com um relacionamento torturado com a filha. Parker viu nisso uma oportunidade de ir mais além na sequela, e de ter Cher no filme, atriz que já tinha recusado interpretar Tanya no original. Como o próprio refere em entrevista à revista americana Vulture,

“Quando eu a coloquei no primeiro rascunho, fiquei tipo, ‘Esta é Cher!’. E embora a maioria dos filmes tenha algumas ideias prévias, neste caso eu recusei-me a contemplar qualquer outra pessoa senão a Cher. E felizmente ela disse que sim. Encontramos na Cher uma verdadeira profissional.

Depois de escolher Cher, Parker precisava de encontrar alguém para interpretar o seu interesse romântico. Foi então que surgiu Andy García, que interpreta Fernando Cienfuegos, um cavalheiro elegante e barbudo que trabalha com Sophie (Amanda Seyfried). Obviamente, a personagem foi inventada para que Cher pudesse cantar “Fernando” para ele.

Lê Também:
30 Filmes de Verão para levar na Mala nas Férias

CHER É A MÃE DE MERYL STREEP NO NOVO MAMMA MIA!

Mamma Mia
Cher

García aceitou o convite antes de saber que Cher estava envolvida na sua participação no filme. Aliás, Cher escolheu Andy García de uma lista de atores e de potenciais Fernandos. Para Andy García,

Eles queriam dar à Cher a capacidade de escolher o seu companheiro. Ela disse que era uma fã do meu trabalho e todas as pessoas na lista eram muito capazes, mas quando ela me viu, sentiu que eu era a personagem. Além disso, a música “Fernando” é muito emocionante. Permite a Ruby olhar novamente para o seu amor perdido depois de muitos anos. A interpretação de Cher é muito profunda e sublime.

Mas nem tanto a escolha de Andy García chocou os fãs dos ABBA e de “Mamma Mia!” como a escolha de Cher. Aliás, na vida real Cher jamais poderia ser mãe de Meryl Streep. Meryl Streep tem 69 anos, enquanto Cher, tem 72 anos, apenas três anos mais velha. Todavia para Parker a diferença de idades não importa. O cineasta referiu até que o público tem que aproveitar a experiência, e não se preocupar com isso.

Cher pode ser a filha de Meryl, pelo que me parece. Ou até sua bisavó. Ela existe separada do tempo.

Será que Cher rouba a toda a atenção em “Mamma Mia! Here We Go Again”? Não percas oportunidade de assistir àquele que é provavelmente o musical deste verão! 

One thought on “Mamma Mia! Here We Go Again revela razão de Cher ser mãe de Meryl Streep

  • Mamma Mia! Here We Go Again: 5*

    É mistura de sentimentos, lágrimas e gargalhadas.

    Cumprimentos, Frederico Daniel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *