Série de O Senhor dos Anéis pode ser a mais cara de sempre

Será que a futura série de “O Senhor dos Anéis”, que foi recentemente confirmada, irá superar os custos de “The Crown”, a atual produção mais cara?

Ao que tudo indica, a Amazon encontrou o seu “Game of Thrones“. A série da HBO vai entrar na sua temporada final e os canais e plataformas estão a apostar em novas produções que possam tomar a posição da adaptação dos livros de George R. R. Martin.

A CBS já encomendou a segunda temporada de “Star Trek: Discovery“, que foi um sucesso de audiência. A Disney irá avançar com uma série live-action de “Star Wars” para o seu serviço online. E esta semana foi a vez da Amazon revelar o seu trunfo. O serviço de streaming confirmou a compra dos direitos televisivos da famosa saga literária de J.R.R. Tolkien.

A Amazon fez uma elevada aposta na adaptação de “O Senhor dos Anéis”. Segundo The Hollywood Reporter, a plataforma pagou 250 milhões de dólares só para transformar o legado de Tolkien numa série. O contrato, segundo indica o site, inclui, pelo menos, cinco temporadas e um spin-off.

Lê Também:
Os 20 livros que tens de ler antes das adaptações à televisão

Contudo, este valor fica mais elevado quando se acrescenta o custo da produção. O The Hollywood Reporter apurou que o custo de (apenas) uma temporada, com tudo incluído (produção, elenco, argumentistas, efeitos visuais, entre outros), deverá alcançar mil milhões de dólares.

Este valor supera facilmente o orçamento de “The Crown“. A série da Netflix é a atual produção mais cara e cada temporada custa  130 milhões de dólares. A série da Amazon também supera o orçamento da trilogia no cinema. Os três filmes de “O Senhor dos Anéis” custaram 281 milhões de dólares – valor sem as despesas de marketing.

Ainda não existe previsão de estreia da série inspirada nos livros de Tolkien. 

Catarina Fernandes

Mestre em Ciências da Comunicação e fotógrafa amadora. Seriófila compulsiva e apaixonada por literatura, assim como pelo cinema e pela sua história. (Extremamente) Viciada em música e concertos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *