Séries a Não Perder em 2017 | Taboo

Tom Hardy regressa à televisão com Taboo, a nova série britânica da Fox e da BBC One criada pelo ator e produzida por Ridley Scott.


<< PRISON BREAK: SEQUEL | THE DEFENDERS >>


O ator que ficou conhecido pelos seus papeis em Inception, Dark Knight Rises, e mais recentemente Mad Max: Estrada da Fúria, está de volta à televisão numa série co-criada por si. Em Taboo ele é James Delaney, um homem que regressa a Londres depois de viver em África durante uma década. Porém, é uma Londres escura do início do século XIX onde o perigo e o frio gelado são uma constante. O ambiente acaba por ser uma metáfora ao que espera o protagonista.

Lê ainda: 10 Filmes dos anos 80 que inspiraram Stranger Things

Delaney chega à sua terra natal para herdar os pertences do seu falecido pai, contudo encontra algumas dificuldades. Tudo o que resta dos terrenos é uma pequena parte no oeste da América do Norte chamada Nootka Sound, um local chave para o comércio com a China. Para além do protagonista, a Coroa Britânia, a Companhia do Este da India, e os Estados Unidos desejam adquirir o território.

Lê Também:
Alicia Vikander regressa com Earthquake Bird

Estreada no Reino Unido no passado dia 07 de Janeiro, Taboo foi criada por Hardy, pelo seu pai Edward “Chips” Hardy, e por Steven Knight. A série possui oito episódios, realizados por Kristoffer Nyholm e Anders Engström, e inclui nomes como Oona Chaplin, David Hayman, Michael Kelly, Jonathan Pryce, Jefferson Hall, e Franka Potente.

TOM HARDY PROTAGONIZA TABOO

Vem até uma Londres repleta de incesto, canibalismo, fantasmas, roubo de campas, envenenamentos, e espiões.


<< PRISON BREAK: SEQUEL | THE DEFENDERS >>


Ângela Costa

Mestre em Cinema pela Universidade da Beira-Interior, sou apaixonada pelo cinema japonês e toda a cultura que o envolve. Adoro igualmente fotografia e se tiveres curiosidade passa no meu Instagram ;) Música e videojogos são dois outros grandes interesses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *