The Crown | © Netflix

Séries de TV e o pós-pandemia Covid-19

As séries, por iniciativa dos estúdios ou imposições do governo, já cessaram quase todas as filmagens. O que acontecerá após o Covid-19?

Não interessa que série possas acompanhar mais de perto porque só há uma verdade: está tudo em paragens de filmagens. Os anúncios começaram a 10 de março e desde então foram várias as produções suspensas devido às medidas de prevenção para o contágio do Covid-19, a pandemia que está a afectar o mundo inteiro.

Com algumas séries em fase final de filmagens para temporadas finais, como o caso de “Sobrenatural”, outras estavam ainda em início de produção das novas temporadas, como “Euphoria” ou “Stranger Things”, da Netflix. Agora, estando tudo suspenso, o que se prevê para a televisão num mundo pós-Covid 19?

Lê Também:
Séries adiadas devido ao Covid-19 (em atualização)

De acordo com a Collider, os executivos das grandes estações e produtoras americanas – ABC, NBC, CBS, FOX e The CW – já estão a desenvolver planos de trabalho assumindo que poucas, ou mesmo nenhuma, séries poderão retomar a produção a tempo de estarem concluídas no calendário pré-definido. E, a comprovar-se esta projecção dos executivos, isso indica que todas as séries actualmente no activo poderão ver as suas temporadas terminadas abruptamente e sem aviso prévio.

Todas estas decisões estão relacionadas com os custos de produção inerentes a cada uma delas, e a possibilidade de eles poderem ser mantidos pelos estúdios. Algumas séries, como é o caso de “Sobrenatural”, foram interrompidas com apenas dois episódios por final, e, neste caso em particular, os episódios final de término da série, que está neste momento a exibir a última temporada. O problema que se irá sentir na indústria da televisão será também a conciliação de agenda por parte de toda a equipa, seja de produção e de actores, uma vez que a produção poderá retomar já muito tarde em relação ao que seria previsto estar-se a trabalhar na série.

Lê Também:
Filmes adiados devido ao Covid-19 (em atualização)

Ao que se sabe as produtoras continuarão a exibir episódios novos todas as semanas das séries que estejam calendarizadas, aproveitando a possibilidade de maiores audiências dado os períodos de quarentena e isolamento voluntário, mas em aberto está ainda a conclusão das temporadas. A única que parece ter feito uma corrida contra o tempo, e que trabalhou intensamente para o término das filmagens foi “The Crown“, que ao tudo indicará irá estrear como expectável,

As que já estão com novas temporadas confirmadas, como as séries de “Chicago P.D.” e “Chicago Med” poderão ser simplesmente interrompidas com uma temporada mais curta, ainda que com um final de temporada nada preparado, mas as que estão em final de curso serão os grandes quebra-cabeças dos estúdios de produção que estão mesmo a considerar um término “anormal”.

Tens ideias para o que os estúdios poderiam fazer com as séries no pós-Covid 19?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *