Star Trek Beyond é o nome oficial para Star Trek 3

O terceiro filme de Star Trek será chamado “Star Trek Beyond”, notícia confirmada pelo seu realizador Justin Lin.

O mundo do Capitão Kirk e Spock tem estado na boca do mundo desde que a nova saga de filmes foi relançada sobre a tutela de J. J. Abraams (que agora está a trabalhar em “Star Wars“), no entanto para o terceiro filme desta aventura espacial é o cineasta Justin Lin (“Velocidade Furiosa 6“) quem manda, trocando as estradas e os carros pelo universo infinito e naves espaciais.

Utilizando as redes sociais o realizador de Star Trek Beyond confirmou o título e revelou ainda a primeira imagem oficial deste nova aventura da franquia:

 

 

O título do filme faz sentido tendo em conta tudo aquilo que se sabe sobre o possível trama de Star Trek Beyond, isto na medida em que a terceira longa metragem marca o inicio de uma nova missão de cinco anos em que a USS Enterprise tem como objectivo explorar os confins do espaço, incluindo “procurar estranhos novos planetas, novos tipos de seres vivos e novas civilizações, para que consigam chegar a onde nenhum homem foi antes”.

LÊ AINDA: Além da Escuridão: Star Trek, em análise

Recentemente o universo Star Trek tem dado a ideia que se poderá expandir ainda mais, seja sobre a forma de uma possível adaptação televisiva pelas mãos de um fã, seja pelas renovações de contrato da dupla de sucesso de Chris Pine e Zachary Quinto para continuarem a jornada deste grande franchise.

Star Trek é para o género sci-fi, aquilo que a DC Comics é para o género de super-heróis – ou seja, não sendo a propriedade mais popular, é certamente a pioneira e que em grande parte das vezes traz mais qualidade que os seus principais competidores (leiam Star Wars e Marvel, respectivamente).

STAR TREK BEYOND | ESTREIA 6 DE JULHO DE 2016

Marcos Mendes

Um membro representante da cultura geek, criativo e apaixonado pela sétima arte. Sigam-me no Facebook para mais comentários e opiniões sobre o mundo do cinema e televisão.

Marcos Mendes has 348 posts and counting. See all posts by Marcos Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *