Steve Gunn divulga “Vagabond”

Steve Gunn lançou “Vagabond” e o seu respetivo vídeo. O single é já o terceiro de The Unseen In Between, que chegará às prateleiras no dia 18 deste mês.

De hoje a uma semana, já teremos acesso a The Unseen In Between, a mais recente obra de Steve Gunn. Aos dois singles “New Moon” e “Stonehurst Cowboy”, partilhados ainda no ano passado, junta-se agora “Vagabond”, que podemos ouvir e apreciar enquanto aguardamos pelo lançamento do álbum, do qual estes três temas constituem já uma boa amostra.

Lê Também:
Steve Gunn lança "Stonehurst Cowboy"

O nome da faixa foi inspirado por um filme de Agnés Varda. Vagabond é o nome da película da cineasta belga de que Gunn mais gosta. Com o single veio também um vídeo, realizado por Jason Evans e composição gráfica de Stephen Powers, aludindo visualmente ao trabalho de Richard Avedon e David Bailey. Numa filmagem a preto e branco e atmosfera intemporal, é-nos oferecida uma estilizada performance ao vivo de “Vagabond”, por Steve Gunn e a sua banda.

Em “Vagabond”, o músico americano mantém-se fiel ao indie rock. No entanto, denotam-se certos acenos a géneros não muito distantes, como o country e o folk. Ao longo da faixa, o artista vai retratando várias personagens, vivendo a um ritmo e estilo marginais à sociedade comum, esquecidos por todos a não ser este narrador que canta a sua inglória: Mona que “camped out in a graveyard” ou Jean-Pierre que “came from the road, his artwork remains unsold.” Ao longo de toda a canção, enquanto nos apresenta estas personagens, Steve Gunn é acompanhado, nas harmonias de voz, por Meg Baird.

STEVE GUNN, THE UNSEEN IN BETWEEN | “VAGABOND”

O álbum será lançado via Matador Records de hoje a uma semana, na sexta-feira, dia 18 de janeiro. Em suporte deste, Steve Gunn anunciou também uma digressão que passará pelos Estados Unidos e Europa, por países como Alemanha e Dinamarca. Desta vez, para já, não consta nenhuma data marcada em Portugal. A digressão terá início no dia 18 de abril deste ano.

Lê Também:
Beirut lança "Landslide"

The Unseen in Between segue-se a Eyes on the Line, de 2016. Foi a propósito deste álbum que Gunn passou pela última vez em Portugal numa digressão. Em 2014, o artista já se avizinhara do nosso país com o álbum conjunto com Mike Cooper, Cantos de Lisboa. Steve Gunn conta, desde 2007, com uma larga discografia, na qual se incluem diversas colaborações. Na próxima semana, junta um novo álbum à prateleira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *