TOP Bandas Sonoras 2015 by MHD | Parte II

< PARTE I  | PARTE III >

7 – Love & Mercy

love and mercy

  • Título Original: Love & Mercy
  • Realização: Bill Pohlad
  • Música: Atticus Ross

Atticus Ross é um compositor conhecido nestas andanças pelo seu trabalho no cinema em A Rede Social, Millennium 1: Os Homens Que Odeiam as MulheresEm Parte Incerta, assim como na televisão com Hawai Força Especial e Anatomia de Grey.

Criou em Love & Mercy uma transformação da própria Banda Sonora que acompanha a evolução (e decadência) do estado de Brian Wilson, co-fundador dos The Beach Boys.

Lê também: Bandas Sonoras | Love & Mercy: um génio e a sua música

 

6 – A Teoria de Tudo

teoria de tudo

  • Título Original: The Theory of Everything
  • Realização: James Marsh
  • Música: Jóhann Jóhannsson

A Banda Sonora de A Teoria de Tudo, mostra-nos que os grandes artistas mudam e evoluem para criar algo que se adeque perfeitamente ao projeto que têm em mãos – foi o que Jóhann Jóhannsson fez.

A música é completamente diferente dos seus trabalhos anteriores, eleva-nos de formas únicas ao som das cordas e dos pianos, com melodias doces e curtas.

Lê ainda: A Teoria de Tudo, em análise

 

5 – Divertida-Mente

inside out

  • Título Original: Inside Out
  • Realização: Pete DocterRonnie Del Carmen
  • Música: Michael Giacchino

Foi um ano em cheio para o compositor Michael Giacchino. Começou com a Banda Sonora do filme de ficção-científica Ascensão de Júpiter, seguindo-se Tomorrowland e Jurassic World.

Em Divertida-Mente os temas são ora calmos, ora excitantes, com muita utilização do piano e instrumentos de percussão, remetendo-nos para um mundo dos sonhos.

Consulta também: TOP Filmes 2015 by MHD | 2. Inside Out – Divertida-Mente

 

4 – Star Wars: O Despertar da Força

star wars

  • Título Original: Star Wars: The Force Awakens
  • Realização: J.J. Abrams
  • Música: John Williams

Era provavelmente um dos filmes mais aguardados de 2015, e a Banda Sonora não lhe ficava atrás.

John Williams voltou a presentear-nos com músicas cheias de emoção, acção e aventura. E claro, o tema principal, mesmo quase 40 anos depois, continua a arrepiar-nos e faz-nos pensar no quão sortudos somos por estarmos novamente numa sala de cinema, a ver e ouvir Star Wars.

 

< PARTE I  | PARTE III >

 

Andreia Lola Lourenço

Produtora . Licenciada em Cinema e Televisão . Full-time dreamer . Movida por filmes, séries, livros e todas as áreas criativas em geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *