Africa's Deadliest © Aquavision Television Productions

Universo National Geographic | O que ver em abril

Em abril no National Geographic haverá carros, histórias de naufrágios e aventuras por águas desconhecidas, mas do lado Wild preparem-se para o mortífero.

Num mês onde há marcos históricos que se assinalam, o universo National Geographic opta por especiais de documentários e estreias das novas temporadas de alguns dos maiores sucessos da sua grelha de programação. A par disso, o universo Nat Geo Wild vai procurar as espécies mais mortíferas da natureza, e explorar o mundo dos insectos como nunca antes.

Conhece os destaques do universo Nat Geo durante este próximo mês de abril.

ESPECIAL ‘DEADLIEST MONTH EVER’

Nat Geo Wild
© NGT

Onde: Nat Geo Wild

Emissões aos domingos, a partir das 17h00

A luta pela sobrevivência e o jogo predador-presa são os elementos proeminentes do especial que fará de abril o mês mais mortífero do universo National Geographic. Da programação especial destacam-se estreias como “Bite Sting Kill: Masters of the Coasts” ou a sétima temporada de “Africa’s Deadliest”.

ÁGUAS DESCONHECIDAS COM JEREMY WADE

National Geographic
Jeremy Wade © National Geographic

Onde: National Geographic

Estreia na terça-feira, 5 de abril, às 23h00

“Águas Desconhecidas com Jeremy Wade” é uma aventura intensa e imersiva nos mais notáveis rios, lagos e mares do planeta. O explorador mais conhecido do mundo subaquático, Jeremy Wade, vai revelar os segredos desses lugares extraordinários, através das
criaturas indescritíveis que vivem lá. Jeremy vai atravessar o globo, por entre os rios vulcânicos e imaculados da Islândia, através dos lagos queimados pelo sol do Quênia, até à poderosa Amazónia, no Brasil. Jeremy Wade não só procura monstros, como também procura respostas.

SOMETHING BIT ME!

Something Bit Me
© National Geographic

Onde: Nat Geo Wild

Estreia na quarta-feira, 6 de abril, às 17h00

“Something Bit Me” explora as histórias peculiares e verdadeiras de picadas de insetos. Também apresenta ataques de animais que levaram as pessoas a ir parar às urgências, devido ao seu veneno, à força bruta das mandíbulas ou pelas consequentes doenças. À medida que o mistério médico se desenrola, revela-se o poder incrível e mortal que essas criaturas têm e o que podemos fazer para nos proteger.

Para além disso, “Something Bit Me” narra as histórias de criaturas do bosque, de quatro patas, de predadores marinhos, répteis escamosos, aranhas, micro insetos ou qualquer outra criação da natureza que tenha atacado os humanos.

Lê Também:
Disney+ e National Geographic apresentam Divididos

ESPECIAL “TITANIC: 110 ANOS DE HISTÓRIA”

© FOX Networks Group

Onde: National Geographic

Emissão na quarta-feira, 13 de abril, às 21h30

No mês em que se assinalam 110 anos desde o naufrágio do Titanic (aconteceu a 13 de abril), o National Geographic apresenta um especial que engloba vários documentários sobre uma das tragédias mais mediáticas e conhecidas da História. Destacam-se os títulos “Titanic: Incêndio Fatal”, “Titanic: 20 anos depois com James Cameron”, “De volta ao Titanic”, “Drenar o Titanic” e “Salvar o Titanic”.

SOS AUTOMÓVEL

SOS Automóvel
SOS Automóvel © National Geographic

Onde: National Geographic

Estreia da 10ª temporada na sexta-feira, 15 de abril, às 23h00

O apresentador de televisão e entusiasta de carros, Tim Shaw, e o mestre mecânico Fuzz Townshend, voltam ao National Geographic com a 10ª temporada. Em “SOS Automóvel”, a dupla prepara-se para resgatar veículos clássicos e enferrujados da prisão das garagens, com a ajuda de uma equipa especializada em restauro. O mote da série britânica passa por um familiar ou amigo nomear o carro do proprietário que, por razões alheias, não pode restaurar o carro e acaba a ser surpreendido pela dupla num evento encenado.

ILHA SEM LEI

Ilha Sem Lei National Geographic
© National Geographic

Onde: National Geographic

Estreia da 4ª temporada na sexta-feira, 22 de abril, às 22h10

A Port Protection é o lar dos poucos que deixaram para trás a sociedade e decidiram viver uma vida diferente numa comunidade remota do Alasca. A ação localiza-se na região selvagem do sudeste do Alasca. Aqui, os moradores de Port Protection usam as suas habilidades e a perseverança para sobreviverem e prosperarem num estilo de vida autossuficiente. À margem da sociedade, os residentes lutam contra os elementos naturais e contra o tempo, à medida que aprendem com os erros do passado e com os novos desafios.

Tens tendência para ficar a ver o National Geographic ou o Nat Geo Wild?

Marta Kong Nunes

Fanática de cinema e séries por pura paixão, sou da geração Disney mas também das Tartarugas Ninjas, Motoratos e afins. Já passei pela obsessão de vários géneros de cinema e apesar de me considerar eclética, nada me tira o gozo de um bom filme de acção (por muito irrealista que seja). Séries também se devoram por cá, mas a magia de um filme, será sempre a magia de um filme!

Marta Kong Nunes has 2584 posts and counting. See all posts by Marta Kong Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.