Os Nomeados para Writers Guild of America

Foram anunciadas as nomeações dos WGA que permeiam os melhores argumentos do ano.Notam-se desde logo muitas ausências como  “Django Unchained“, “Les Misérables“, “Amour“, “Best Exotic Marigold Hotel“, “Anna Karenina” e “Beasts of the Southern Wild.” devido a todos eles serem ilegíveis para o prémio (no caso de “Django Unchained”, Quentin Tarantino não é mesmo da WGA, logo não pode ser nomeado).

Sendo assim, surgem algumas surpresas como Looper e The Perks of Being a Wallflower.

A entrega dos prémios irá ocorrer a 17 de janeiro.

Melhor Argumento Original
John Gatins – “Flight”
Rian Johnson – “Looper”
Paul Thomas Anderson – “The Master”
Wes Anderson and Roman Coppola – “Moonrise Kingdom”
Mark Boal – “Zero Dark Thirty”

Melhor Argumento Adaptado
Chris Terrio – “Argo”
David Magee – “Life of Pi”
Tony Kushner – “Lincoln”
Stephen Chbosky – “The Perks of Being a Wallflower”
David O. Russell – “Silver Linings Playbook”

Melhor Argumento – Documentário
Sarah Burns, David McMahon, Ken Burns – “The Central Park Five”
Kirby Dick – “The Invisible War”
Alex Gibney – “Mea Maxima Culpa: Silence In the House of God”
Malik Bendejelloul – “Searching For Sugar Man”
Brian Knappenberger – “We Are Legion: The Story of the Hacktivisits”
Amy Berg & Billy McMillin – “West of Memphis”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *