Whiplash | A curta que originou o filme

 

Há sempre uma destas histórias: um filme que deixa para trás uma exemplar jornada por festivais, críticas entusiasmadas (e entusiasmantes) e os prémios mais reconhecidos da Academia, mas que um dia… não teve sequer financiamento.

Foi esta a luta de Damien Chazelle com o seu Whiplash – uma lição sobre a crença nos nossos próprios feitos e uma masterclass de perseverança. Porque se a história no papel não chegava para convencer investidores, algo mais havia a fazer. E Chazelle fê-lo, através de uma eletrizante curta-metragem de 18 minutos, já contando com a performance inesquecível de J. K. Simmons e uma edição irrepreensível.

Mas a curta, que hoje está disponível online e que viu Johnny Simmons a interpretar o Neiman que mais tarde não saberíamos dissociar de Miles Teller, não se ficou por aí e acabou mesmo por vencer o prémio especial do Júri em Sundance, o que prova que desde o início, este era o material de que as estrelas são feitas.

Lê Também:   Saoirse Ronan poderá entrar na corrida aos Óscares 2025 com novo filme

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *