Whitney (foto de Olivia Bee)

Whitney anuncia novo álbum com “Giving Up”

Depois de um teaser no início da semana, os Whitney anunciam hoje a vinda de um novo álbum, Forever Turned Around. Com a notícia, chega o single principal, “Giving Up”.

Muitas coisas aconteceram entre o álbum de estreia dos Whitney, Light Upon The Lake (de 2016), e o que sairá em pleno verão, a 30 de Agosto, por meio da Secretly Canadian, Forever Turned Around. O sucesso estrondoso da jovem banda de Chicago obrigou a um roteiro interminável de países por onde apresentaram o disco.

Durante estes tempos conturbados, o duo estreitou a sua amizade, tornando-se um só, aspeto que se nota na composição conjunta das canções do novo álbum. Segundo um comunicado de imprensa, este é “um álbum sobre a parceria – romântica, familiar, comunitária – mas, mais importante, uma estima pela amizade: os laços entre dois melhores amigos e parceiros criativos e a alegria e tensão que vem com isso”.

Capa de Forever Turned Around
Capa de Forever Turned Around

A dupla de Chicago, Julien Ehrlich e Max Kakacek, compôs juntamente um álbum em torno de questões como a mortalidade, a dúvida, a alegria, o amor e a amizade. Os primeiros excertos e ideias foram formados aqui mesmo em Portugal, durante digressões que trouxeram os Whitney a Lisboa. E, daí em diante, foi um processo de tornar as canções cada vez mais interessantes e complexas. Embora Ehrlich seja o vocalista e baterista dos Whitney e Kakacek o guitarrista, durante a fase de composição ambos transcendem os seus respectivos papéis para montarem juntos cada canção lírica e composicionalmente. No fim de contas tudo se resume, explica Kakacek, a um processo fundamental: “Um de nós vem com uma ideia base para a música e o outro trabalha como um advogado do diabo para complicar a ideia. Perguntamo-nos: ‘O que podemos mudar para tornar a música mais interessante?'”

Depois de uma sessão com os produtores Bradley Cook (Bon Iver, Hand Habits) e Jonathan Rado (Weyes Blood, Father John Misty) ter trazido cor aos arranjos, o álbum veio ao de cima quando se reuniram com o original guitarrista ritmo dos Witney, Ziyad Asrar, na cave do seu estúdio em Chicago, o mesmo lugar onde foi criada grande parte de Light Upon The Lake. Aí, a banda trouxe para colaborar consigo os músicos Lia Kohl e Macie Stewart dos OHMME, que providenciaram os arranjos de cordas.

Lê Também:
Girl Band estão de volta e com um álbum a caminho

“Giving Up” tem uma harmonia muito diferente da que associamos a este conceito. “Waiting for the morning sun/ Are you coming home, my love?/ Tears are falling one by one/I can feel you are giving up” revela-nos um coração frustado pelo amor. Sobre uma base instrumental suave e calma, é-nos exprimida a dor de amar sem ser amado. Após este início, vem uma breve pausa, como se também os instrumentos desistissem. Esta pausa, por curta que seja, demonstra a genialidade da banda, ao usar o silêncio para nos deixar a sensação de algo a esmorecer. A seguir tudo volta com força e um arranjo reforçado de metais acompanha o desespero contido na voz de Ehrlich. Esta nova força transforma a música em algo mais do que um lamento típico do folk. O vocalista desenvolver-se-á e, apesar da perda existir e ser trágica, sairá sereno.

WHITNEY, FOREVER TURNED AROUND | “GIVING UP”

FOREVER TURNED AROUND | Alinhamento

1. Giving Up
2. Used To Be Lonely
3. Before I Know It
4. Song For Ty
5. Valleys (My Love)
6. Rhododendron
7. My Life Alone
8. Day & Night
9. Friend of Mine
10. Forever Turned Around

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *