Cobie Smulders em entrevista: “Sinto-me muito agradecida”

Em conversa com a Magazine.HD, Cobie Smulders, presente na Comic Con Portugal 2016, comentou a sua passagem de televisão para o cinema, o papel das mulheres nesse meio, e a possibilidade de uma reunião de How I Met Your Mother. 

Todo e qualquer fã de How I Met Your Mother (em Portugal, Foi Assim Que Aconteceu), reconhece Cobie Smulders como uma das grandes estrelas da série. A atriz, que interpretou Robin Scherbatsky durante 9 temporadas da comédia da FOX, é também parte integrante dos filmes Avengers, assim como do mais recente Jack Reacher.

A Magazine.HD teve uns minutos de conversa com a atriz canadiana, colocando-lhe algumas questões acerca da sua carreira televisiva e agora cinematográfica. Descobre o que Cobie Smulders nos revelou.

Cobie Smulders Comic Con Portugal entrevista

How I Met Your Mother foi uma série lendária (legend – wait for it – dary)! Quando terminou e estavas a considerar a tua carreira, tinhas filmes de ação como um objetivo?

Cobie: Foi muito divertida! Mas não, o filme Avengers chegou-me quando estava ainda a gravar a série, e era tão diferente e tão entusiasmante porque era o mundo Marvel e é suportado por estes fantásticos livros de banda desenhada e personagens interessantes, portanto isso acabou por acontecer, e porque aconteceu e porque é um dos maiores filmes de todos os tempos eu continuo a ser chamada para isso, porque quando fazes uma coisa normalmente tens mais dessas coisas. Mas para mim foi muito excitante porque estava a fazer algo novo, e gosto dos filmes de ação, são divertidos, são muito divertidos de treinar – fiz recentemente este filme, Jack Reacher, onde há muito treino e foi muito intenso -, mas tira muito de ti por isso tens de fazê-lo muito… sabes, eu tenho duas filhas e uma vida e eu amo a minha vida por isso não posso fazê-lo sempre mas adoro quando faço.

Lê ainda: Comic Con Portugal | Lennie James em conferência de imprensa

 

Já que mencionaste isso, Avengers e também Jack Reacher são filmes com uma componente física forte. Como te preparaste para ambos esses papeis? E sei que antes de Jack Reacher tinhas uma perna partida, deve ter sido mais difícil para ti.

Cobie: Foi muito desafiante. Quando comecei os filmes Avengers, o primeiríssimo, tinha imenso medo de armas como penso que todos deveriam ter, e porque a minha personagem não fazia muitas lutas “mão-a-mão”, era mais a especialista em armas, e eu queria que, como uma oficial, como alguém que era treinado de forma militar e estava muito confortável com armas, e esse era o meu objetivo principal. Por isso contratei uma pessoa que treinava equipas da SWAT, que são, sabes, unidades de grupo da Polícia, e ele familiarizou-me com todas as armas, como entrar numa sala como evacuar uma sala, apenas para que pudesse ter isso na minha mente. Foi nisso que me foquei realmente para o primeiro filme Avengers. E depois para o Jack Reacher foi uma experiência completamente diferente porque fiz todos os meus próprios truques e havia muita luta. Por isso treinei de forma dura durante cerca de 3 meses que antecederam as gravações do filme e foi muito intenso e muito “mãos-à-obra”. Envolveu muito Kickboxing, Boxing, e depois também coreografia, existem muitas sequências de luta portanto trabalhamos muito nisso, sim.

Lê Também:
Dan Fogler, ator de Monstros Fantásticos, vem à Comic Con Portugal

 

Vamos só retroceder um pouco para How I Met Your Mother de novo, porque muitas séries de televisão icónicas estão a ter reuniões e retornos, como Friends e Gilmore Girls… Achas que existe possibilidade de uma reunião ou retorno de How I Met Your Mother no futuro?

Cobie: Claro, acho que é muito cedo, mas não sei onde todos estaremos em, sabes, 5 anos, 10 anos, não sei quanto tempo temos de esperar para essas coisas, mas estamos todos bastante espalhados a fazer as nossas próprias coisas neste momento, por isso não consigo imaginar que aconteça em breve, mas gostei de todas aquelas pessoas e iria adorar poder trabalhar com todas elas de novo.

Tivemos o prazer de estar à conversa com Cobie Smulders, que comentou o que sentiu de diferente entre interpretar numa comédia e em filmes de ação, assim como o papel das mulheres em Hollywood nos dias de hoje.

Algumas das cenas de How I Met Your Mother mostraram o quão brilhantes eram os escritores da série, eram todos tão pacientes, escreviam as cenas e faziam-nos esperar até alguns meses mais tarde ou temporadas mais tarde, como por exemplo o final que foi gravado 9 anos antes [de ser mostrado]. Foi difícil manter esses segredos escondidos do público, como o do final?

Cobie: O que acontece é, quando estávamos a gravar, a nossa série nunca foi a série número 1 na América e penso que neste país [Portugal] chegou mais tarde, como que atrasado, por isso nunca tivemos os olhos em nós em termos de media, obviamente tínhamos fãs que tinham hipóteses mas nunca foi muito intenso por isso eu nunca senti que iria estragar tudo. Quando chegamos ao fim, sim foi um pouco mais falado nos media, mas nunca senti muito isso. Mas tens razão acerca de como foram precisas as mentes dos nossos criadores Carter e Craig que são fantásticos, e também tinhamos muitos escritores que estavam connosco, Chris Harris é o nome que me salta à mente, que esteve connosco mesmo quase desde o início, não sei, desde o piloto, mas ele era também muito bom a dizer “lembram-se quando gravamos esta cena? Vamos voltar atrás e continuá-la”. Eles fizeram até uma quando apresentaram a mãe, fizeram uma coisa interessante que foi algo como “Como Conheci o Teu Pai” [How I Met Your Father], eles mostraram a versão dela de todos aqueles momentos e todos aqueles encontros fortuitos quase a acontecerem, como o Ted que tinha o guarda-chuva amarelo e ela ficou com ele na discoteca, estes são todos momentos que, eu não sei de quem era esse trabalho mas certamente não era meu porque eu teria feito um trabalho terrível, mas lembrar-se de todos estes momentos, e voltar atrás e trazê-los de novo ou continuá-los. Eles eram muito bons nisso e foi provavelmente o Carter ou o Craig, possivelmente o Chris que se mantinham atentos a isso.

Lê Também:
Dan Fogler, ator de Monstros Fantásticos, vem à Comic Con Portugal

Sim, porque desde quase a primeira temporada que eles estavam a preparar algumas das cenas da Mãe!

Cobie: Sim e não saber realmente quanto tempo iria demorar, eu acho que eles sempre tiveram estas ideias, como: tudo bem se formos cancelados na quinta temporada vamos por aqui, se não tivermos uma nona temporada terminaremos na oitava temporada desta forma. Lembro-me inclusive na oitava temporada, nós não sabíamos se iríamos ter uma nona temporada, e eles tiveram de perceber como terminar a série dentro dos próximos quatro episódios. Foi um tempo como: tudo bem se a conseguirmos, vamos por aqui, se não a conseguirmos, vamos por ali, eles são só pessoas muito inteligentes. Isso é um bom plano, rodeias-te de algumas pessoas boas e inteligentes e eles farão o trabalho, resultou bem para mim até agora!


PARTE 2 >>


 

Ana Rodrigues

Seriófila, e amante das artes cinematográficas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *