©cottonbro

Bertrand Editora volta a adiar lançamentos de novidades

À semelhança do que aconteceu no primeiro confinamento, a Bertrand Editora suspendeu os lançamentos de livros previstos para as próximas semanas.

Esta suspensão teve início a 21 de janeiro “com retoma de lançamentos dependente do término deste período de recolhimento”, segundo comunicado da editora. Algo semelhante ao ocorrido entre março e maio de 2020, meses em que decorreu o primeiro confinamento.

Tal como nessa altura, foi decretado o encerramento de todas as livrarias, mas Paulo Oliveira, CEO da Bertrand Editora indica que a produção editorial continuou a desenrolar-se, “sustentada por uma forte componente de trabalho remoto”, para garantir que o plano editorial seja “retomado o mais rápida e eficazmente possível quando terminar o confinamento”.

Lê Também:
Livros | 10 títulos a ler antes dos Óscares

Lembra-te que a Bertrand Editora é detentora das chancelas Bertrand, Quetzal, Temas e Debates, Pergaminho, Arte Plural, Gestão Plus, Contraponto, 11×17 e Verso da Kapa. Enquanto as livrarias não estão abertas, podes diminuir as saudades dos livros através da consulta dos catálogos nos sites, optar por e-books ou por compras online com entrega segura em casa.

De notar que o adiamento ou alteração dos lançamentos de livros previstos para o início de 2021 foram medidas tomada pela maioria das editoras, e são decorrentes da atual fase da pandemia Covid-19. Fica a par dos livros incluídos neste adiamento da Bertrand Editora:

11×17

  • O Labirinto de Ossos, de James Rollins
  • Este Foi um Homem, de Jeffrey Archer
  • Curar as Energias Negativas, de Anne Jones

Bertrand 

  • As Primeiras Imagens – Os animais da savana, com ilustrações de Genie Espinosa
  • Reféns das Próprias Emoções (Os Indesejados), de João Carlos Melo
  • Incompleta, de Catherine Bybee
  • A Raposa, de Isabel Thomas e Daniel Egnéus
  • A Toupeirinha Tem Uma Surpresa, de Orianne Lallemand e Claire Frossard
  • Onde Está o Pedrito Coelho?
  • Outra História, Outras Estórias: Crónicas do tempo que foge, de Adérito Tavares
  • O Jogo do Poder, de Danielle Steel
  • Subterrâneo, de James Rollins
  • Nova edição revista e aumentada de Mossad – Os Carrascos do Kidon, de Eric Frattini
  • Eu Não Sou Tua, de Mary Higgins Clark

Quetzal

  • Esteiros, de Soeiro Pereira Gomes
  • Adeus, Futuro, de Maria do Rosário Pedreira
  • Viver num Mundo Imprevisível, de Frédéric Lenoir
  • Civilizações, de Laurent Binet
  • O Aleph, de Jorge Luis Borges
  • Os Altruístas, de Andrew Ridker
Lê Também:
As melhores adaptações de Stephen King

Temas e Debates

  • Os Seis Segredos da Inteligência, de Craig Adams
  • Como Pensar Politicamente, de Graeme Garrard e James Bernard Murphy
  • A Ciência do Destino, de Hannah Critchlow
  • Mulheres na História do Mundo, Bonnie G. Smith

Contraponto

  • Ficheiros Secretos, de Luís Osório
  • Uma Longa Viagem com Vasco Pulido Valente, de João Céu e Silva

Pergaminho

  • O Médico Médium – A Cura da Tiroide, de Anthony William
  • Kiki e Jax, de Marie Kondo
  • A Arte de não Fazer Nada, de Celeste Headlee

 

Qual é a tua opinião sobre o fecho da secção de livros nas grandes superfícies?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *