Os Queen representados em Bohemian Rhapsody

Bohemian Rhapsody dá música nos CAS Sound Mixing Awards

“Bohemian Rhapsody” ganha importante prémio de Mistura de Som nos CAS Awards e pode ganhar o Óscar na categoria. 

“Bohemian Rhapsody”, “Free Solo” e “Ilha de Cães” foram os grandes vencedores da 55ª cerimónia dos CAS Sound Mixing Awards que decorreu no passado sábado 16 de fevereiro. O filme protagonizado por Rami Malek ficou assim mais perto de conseguir vencer o Óscar de Melhor Mistura de Som, ao qual está nomeado. Mesmo assim, “Bohemian Rhapsody” enfrenta a concorrência ‘pesada’ de “O Primeiro Homem na Lua”, “Assim Nasce Uma Estrela”, “Roma” e “Black Panther”. Os três últimos filmes mostram a contínua versatilidade do formato Dolby Atmos.

Bohemian Rhapsody retrata a ascensão de Freddie Mercury (Rami Malek) e dos Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

Bohemian Rhapsody
Bohemian Rhapsody

Nas categorias televisivas dos prémios entregues pela Cinema Audio Society, os grandes destaques vão para “The Marvelous Mrs. Maisel”; “American Crime Story: The Assassination of Gianni Versace” e “Mozart in the Jungle”.

Nos prémios carreira dos CSA Sound-Mixing Awards foram galardoados Steven Spielberg (Filmmaker Award), à misturadora de som Mary Jo Lang (President’s Award), e ao misturador Lee Orloff (Career Achievement Award). No mesmo dia foram entregues os prémios do Sindicato de Caracterização de Hollywood, os Make-Up Artists & Hair Stylists Guild Awards. 

A lista completa de vencedores da 55ª cerimónia dos CAS Awards pode ser conhecida abaixo.

Lê Também:
Hollywood e as suas relações com idades díspares

CAS Sound Mixing Awards | Lista Completa de Vencedores

MELHOR MISTURA DE SOM EM FILME DE IMAGEM REAL

“Bohemian Rhapsody”, John Casali, Paul Massey, Tim Cavagin, Niv Adiri, CAS

MELHOR MISTURA DE SOM EM FILME DE ANIMAÇÃO

“Ilha de Cães”, Darrin Moore, Christopher Scarabosio, Wayne Lemmer, Xavier Forcioli, Simon Rhodes, Peter Persaud, CAS

MELHOR MISTURA DE SOM EM DOCUMENTÁRIO

“Free Solo”, Jim Hurst, Tom Fleischman, Ric Schnupp, Tyson Lozensky, David Boulton, Joana Niza Braga

MELHOR MISTURA DE SOM EM SÉRIE TELEVISIVA DE 1 HORA

“The Marvelous Mrs. Maisel”: Episódio Vote for Kennedy, Vote for Kennedy, Mathew Price, CAS; Ron Bochar, Michael Miller, David Boulton, Steven Visscher

MELHOR MISTURA DE SOM EM SÉRIE TELEVISIVA DE MEIA-HORA

“Mozart in the Jungle”: Episódio Domo Arigato, Ryotaro Harada, Andy D’Addario, Chris Jacobson, Patrick Christensen, Gary DeLeone

MELHOR MISTURA DE SOM EM TELEFILME OU MINISSÉRIE

“American Crime Story: The Assassination of Gianni Versace” (Parte 1) The Man Who Would Be Vogue, John Bauman, Joe Earle, Doug Andham, Judah Getz, Arno Stephanian

MELHOR MISTURA DE SOM EM PROGRAMA DE VARIEDADES

“Anthony Bourdain”: Parts Unknown (Bhutan), Benny Mouthon, CAS

 

O que pensas da vitória de “Bohemian Rhapsody”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *