A Caminho dos Óscares 2015 | Parte IV

 

Não parece, mas os Óscares estão aí à porta. A cerimónia acontece só a 22 de fevereiro, mas estamos na altura ideal para fazer os escalonamento detalhado dos prováveis nomeados nas mais diversas categorias.

Chegamos finalmente ao fim desta caminhada com a apresentação de mais quatro filmes que disputam algumas das principais categorias e, no final, um balanço sobre as categorias mais secundárias.

Inherent Vice / Vício Intrínseco

Inherent_Vice

Porque merece a nossa atenção: A nomeação de Josh Brolin nos Critics’ Choice Awards é uma boa notícia para “Inherent Vice”, um filme que estava praticamente esquecido esta temporada. No entanto, há que considerar que a Broadcast Film Critics Association considera seis nomeados na categoria de Melhor Ator Secundário, o que quer dizer que pelo menos um daqueles nomeados (consulte aqui) vai saltar fora. Das restantes categorias, apesar do filme de Paul Thomas Anderson não ser muito afim dos Óscares, poderá surgir uma menção honrosa para Melhor Argumento Adaptado.

Nomeações possíveis: Melhor Filme, Melhor Ator Secundário (Josh Brolin), Melhor Argumento Adaptado, Melhor Guarda-Roupa.

Estreia: 19 de fevereiro de 2015

Nightcrawler / Repórter na Noite

nightcrawler

Porque merece a nossa atenção: Rene Russo talvez merecesse o reconhecimento e o argumento de Dan Gilroy era digno de uma nomeação, mas parece que só Jake Gyllenhaal poderá sonhar com ela.  A sua presença no lote de nomeados dos Globos de Ouro e Critics’ Choice Awards são bons prenúncios para aquela que é uma das melhores interpretações do ano, embora pareça algo escondida num filme subvalorizado pela temporada.

Lê Também:
The Good Doctor tem quarta temporada confirmada

Nomeações possíveis: Melhor Ator (Jake Gyllenhaal).

Estreia: Já em exibição

The Judge / O Juíz

JUDGE, THE

Porque merece a nossa atenção: Desde muito cedo que se falou da possibilidade de Robert Duvall vencer o Óscar de Melhor Ator Secundário por este “The Judge”. No entanto, após a fraca receção no último Festival de Toronto, o filme acabou por perder destaque e a interpretação de Duvall passou para segundo plano dos principais apostadores. A temporada de prémios acabou por resgatar o ator e agora a nomeação parece mais certa.

Nomeações possíveis: Melhor Ator Secundário (Robert Duvall).

Estreia: Brevemente em DVD

Cake

cake

Porque merece a nossa atenção: Quem diria que Jennifer Aniston poderia chegar a este patamar. A Academia adora premiar algumas das mais adoradas estrelas americanas (vejam-se os casos de Reese Witherspoon e Julia Roberts), e Aniston vai no bom caminho. Resta saber quem ficará de fora para lhe dar o lugar: Amy Adams, Marion Cotillard, Jessica Chastain…?

Nomeações possíveis: Melhor Atriz (Jenifer Aniston)

Estreia: 29 de janeiro de 2015

 

Os restantes…

Para além destes 22 filmes que apresentámos, há outros que também merecem a nossa menção.

Desde logo alguns que, não tendo possibilidade de se intrometerem em várias frentes, podem conquistar algumas nomeações isoladas. Casos de “Begin Again” para Melhor Canção Original, “The Disappearance of Eleanor Rigby: Them” para Melhor Atriz (Jessica Chastain), “The Homesman” também para Melhor Atriz (Hilary Swank) e ainda “Deux Jours, Une Nuit” que abre possibilidades de nomeação a Marion Cotillard. Ainda na categoria de atrizes, há quem ainda aponte Shailene Woodley como uma candidata por “The Fault in Our Stars“, mas essa possibilidade parece-nos muito remota.

Lê Também:
The Good Doctor tem quarta temporada confirmada

Rosewater“, de Jon Stewart, dificilmente conseguirá alguma menção, mas pode sonhar com Melhor Argumento Adaptado. O mesmo se pode dizer de “A Most Wanted Man“.

Nas categorias de Melhor Documentário, “Life Itself” e “CITIZENFOUR” parecem bem lançados, assim como “Ida” e “Force Majeure” para Melhor Filme Estrangeiro. “The LEGO Movie” e “Big Hero 6” competem pela Melhor Animação.

Nas categorias técnicas, destaque natural para “Interstellar” mas para outros filmes que serão certamente muito nomeados nestas categorias: “Fury” (Mistura de Som e Edição de Som), “Guardians of the Galaxy” (Melhor Maquilhagem e Cabelos, Melhores Efeito Visuais, Melhor Mistura de Som e Melhor Edição de Som), “Maleficent” (Melhor Guarda-Roupa,  Melhor Maquilhagem e Cabelos, Melhor Design de Produção e Melhores Efeito Visuais) e “The Hobbit: The Battle of the Five Armies” (Melhor Canção Original, Melhor Mistura de Som, Melhores Efeitos Visuais).

«« PARTE III

Daniel E.S.Rodrigues

Sonho como se estivesse num filme de Wes Anderson, mas na verdade vivo no universo neurótico de Woody Allen. Sou obcecado pela temporada de prémios, e gostaria de ter seguido a carreira de cartomante para poder acertar em todas as previsões dos Óscares, Globos de Ouro (da SIC), Razzies, Troféus TV7 Dias e Corpo do Ano Men's Health. Mas, nesse universo neurótico e imperfeito em que me insiro, acabei por me tornar engenheiro. Sigam-me no Instagram para mais bitaites sobre Cinema, Música, Fotografia e outras coisas desinteressantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *