Chlöe Grace Moretz em "A 5ª Vaga" | © Canal Hollywood

Chlöe Grace Moretz em adaptação de “The Peripheral”

Chlöe Grace Moretz vai entrar no mundo das séries. The Peripheral, que teve luz verde da Amazon Studios, tem por base a obra de William Gibson.

Se és fã de livros e das suas adaptações televisivas, então fica com mais um nome debaixo de olho: “The Peripheral”. Um projecto que teve luz verde pela Amazon Studios, “The Peripheral” faz parte da trilogia “The Jackpot“, do autor William Gibson, e é o primeiro livro da saga, cujas sequelas ainda estão em publicação (o segundo livro saiu apenas em janeiro deste ano).

O projecto, que já está em desenvolvimento pela Amazon em conjunto com a Warner Bros. Television, começa agora a ganhar forma com o primeiro nome para o elenco, Chlöe Grace Moretz. A jovem actriz, que já tem um vasto currículo na área do cinema com títulos como “Carrie” e “Greta: Viúva Solitária“, será a grande estrela da série. Segundo a descrição da Amazon, Moretz será uma mulher a tentar unir a sua família desfeita, numa zona remota e esquecida da América.

“The Pheripheral” terá Scott B. Smith como argumentista, produtor executivo e co-showrunner ao lado de Greg Plageman, que também será produtor executivo. Já a realização da série ficará a cargo de Vincenzo Natali, que também fará parte da equipa de produtores executivos.

Lê Também:
30 abaixo de 30 | As grandes promessas da representação em Hollywood

Segundo a sinopse do livro, a história acompanha Flynne Fisher (presumivelmente a personagem assumida por Chlöe Grace Moretz), uma rapariga que vive na América rural, onde os empregos escasseiam e tudo o que ela procura é fugir ao mundo ilegal da manufacturação de droga. O seu irmão, Burton, vive do dinheiro da Administração de Veteranos, pelos danos neurológicos sofridos na unidade de elite dos Marines, Haptic Recon. Flynne por seu lado faz dinheiro pelo trabalho na loja de impressões 3D, mas muito menos do que quando ganhava dinheiro como jogadora de videos online para um homem rico.

Impulsionada a fazer mais pela vida, Flynne assume o lugar do irmão nalguns trabalhos virtuais mas rapidamente se apercebe que a realidade e o virtual nem sempre são assim tão distintos. Numa sociedade onde a norma são periféricos – avatares para os jogos de realidade virtual – será que há certas realidades de crime que se escondem no virtual?

Esta não será a primeira vez que Moretz participa numa adaptação literária já que em 2016 participou em a “A 5ª Vaga”.

A 5ª VAGA | MORETZ NÃO É ESTRANHA A ADAPTAÇÕES LITERÁRIAS

Já leste The Peripheral? Parece-te que Chlöe Grace Moretz é uma boa escolha?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *