Devil May Cry

Devil May Cry (PS4) | em análise

“Devil May Cry 5” é o muito aguardado regresso de uma saga que revolucionou um estilo de jogo. Será que o regresso de Dante e Nero está ao nível do que se espera?

ANÁLISE | Devil May Cry

O prazer de jogar “Devil May Cry” não está apenas no quanto temos de matar e destruir, mas também na forma como o fazemos. É um jogo de grandes possibilidades, intensidade brutal e enorme diversidade a cada instante, não nos dando tréguas e obrigando o jogador a evoluir a vários níveis.

Com uma história que nos leva por três caminhos diferentes, graças às três personagens que controlamos, “Devil May Cry 5” oferece três estilos diferentes de combate, todos eles muito bem criados, sem quebras, diversificados, viciantes e que tornam este jogo num dos melhores jogos desta geração em termos de sistema de combate. Muito poucos jogos conseguiram criar algo tão consistente e divertido ao mesmo tempo.

Em termos de história, este jogo começa em grande, com uma poderosa batalha, e a partir daí iremos perceber o que levou até essa batalha, como as personagens e acontecimentos se ligam e, principalmente, ficamos a conhecer a personagem V. Muito do enredo é passado à volta desta personagem, das teorias que iremos criar e da nossa tentativa de percebermos se podemos ou não confiar nele. É com esta desconfiança que o jogo nos agarra até ao fim numa narrativa interessante e onde nem todas as perguntas terão resposta.

Lê Também:
Sharkoon Skiller SGP1 XXL, em análise

No entanto, é na luta que este jogo brilha como poucos. Intenso, rápido, com grande liberdade, cada personagem dá um toque especial a um jogo que dá “pica” de ser jogado. Nero é o mais divertido, com acrobacias que nos fazem sorrir. Dante é o mais intenso, com grande troca de armas, grande mobilidade e um continuo martelar de botões do nosso comando. Por fim temos V, que praticamente não luta até os seus inimigos estarem quase mortos, usando invocações para matar tudo o que aparece à sua frente. No entanto, o seu teletransporte para dar os golpes finais é viciante e torna a jogabilidade muito diferente. Com as suas limitações V, oferece mais estratégia ao jogo, apesar de ser o que tem os momentos mais monótonos, por estar muito menos dentro da ação.

“Devil May Cry 5” não é dos mais difíceis da saga, e tudo é mais baseado no ranking que tentaremos ter em cada momento do jogo. É viciante a forma com o jogo está sempre a dar algo novo para as nossas personagens, permitindo uma evolução constante para que possamos fazer algo novo. A inteligência artificial está bem conseguida, com alguns inimigos a terem mais do que força bruta, sendo um bom desafio e obrigando a que tenhamos de treinar para ir avançando.

Para além disso, os bosses deste jogo estão mesmo muito bons, são um grande desafio e estão entre os melhores que a série já teve. Quando o jogo acaba, a história não nos deu todas as respostas e ficam portas abertas para próximos jogos. Contudo, o ritmo da história, a forma como vai explorando as personagens e o equilíbrio entre as mesmas, torna todo o jogo agradável e viciante. Para além disso, estamos a falar de um jogo graficamente poderoso, sem quebras, com grande ritmo e intensidade e onde se junta um design fantástico. O trabalho de vozes é bom, temos bons efeitos sonoros e banda sonora frenética que encaixa muito bem e aumenta a tensão do momento. O resultado final é um jogo que praticamente não tem pontos fracos e que agradará a qualquer fã.

“Devil May Cry 5” está entre os melhores jogos de 2019 até agora, e provavelmente estará entre os dez melhores quando o ano acabar. Se são fãs da saga ou se apreciam este estilo de jogo, então este jogo tem de estar na vossa consola.

Luís Pinto

HARDWARE USADO PELA MHD PARA TESTES DE JOGOS

PS4:

  • PlayStation 4 Pro
  • Razer Raiju Controller
  • Razer Leviathan Sound System

PC:

  • Headphones Razer Carcharias
  • Keyboard Razer Epic Chroma
  • Mouse Razer Naga Epic Chroma
  • Monitor AOC U3277PWQU

Mobile:

  • LAIQ Glow

Devil May Cry
dmc 5

Game title: Devil May Cry

Game description: Devil May Cry 5 é o muito aguardado regresso de uma saga que revolucionou um estilo de jogo. Mas será que o regresso de Dante e Nero está ao nível do que se espera?

  • Jogabilidade - 93
  • Gráficos - 89
  • Som - 87
  • Enredo - 82
90

RESUMO

O MELHOR: Combate intenso, divertido e sempre desafiante. 3 personagens diferentes oferecem três poderosos estilos para jogarmos. Sistema de combate fantástico!

O PIOR: Nada de relevante a assinalar

EDITORA: Capcom

PLATAFORMA: PlayStation 4

Sending
User Rating 5 (1 vote)
Comments Rating 1 (1 review)

Luis Pinto

Software developer - Autor do canal Tek Test - Apaixonado por jogos desde o tempo do Spectrum!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sending