Directors Guild Awards | Damien Chazelle entre os melhores realizadores

Damien Chazelle está uma vez na corrida a um dos prémios mais importantes desta Awards Season, os Directors Guild Awards, do sindicato de realizadores americanos.

Foram revelados os nomeados aos DGA – Directors Guild Awards – e entre os nomeados estão os nomes de Damien Chazelle por La La Land, Garth Davis por Lion – A Longa Viagem para Casa e Barry Jenkins por Moonlight. Chazelle, que já foi nomeado ao Óscar por Whiplash, vê assim as suas chances reforçadas para obter uma segunda nomeação à estatueta dourada na categoria de realização. Relembre que La La Land conseguiu 11 nomeações para os BAFTA e conseguiu 7 Golden Globes no passado domingo.

A nomeação para Garth Davis foi vista como a maior surpresa, mesmo que Lion tenha sempre liderado a Awards Season como melhor filme esta é das poucas nomeações para o estreante Davis, nomeado também para o prémio de melhor estreia em realização. Entretanto, quanto a Barry Jenkins, o cineasta de Moonlight, já venceu o National Board of Review e o prémio da National Society of Film Critics e também mantém-se em terreno favorável para uma nomeação ao Óscar. Os realizadores sentiram honrados pela respetiva nomeação e ansiosos pela cerimónia que vê o seu trabalho por detrás das câmaras reconhecido.

A nomeação de Nate Parker é também vista com alguma surpresa. O cineasta de Birth of a Nation, considerado front-runner nesta corrida após ter saído vencedor do Sundance Film Festival com o prémio de melhor filme drama, conseguiu a primeira importante nomeação nesta Awards Season. Parker perdeu terreno na corrida uma vez que, em agosto passado, emergiram mais detalhes relativamente a um caso de abuso sexual de uma jovem de 18 anos, em 1998, e que envolvia o cineasta e o seu amigo Jean Celestin. Tim Miller, o cineasta de Deadpool também não foi esquecido, estando nomeado para melhor estreia. O filme também já havia obtido, surpreendentemente, uma nomeação ao Producers Guild Awards.

O sindicato de realizadores é composto 16 000 membros, sendo que tanto David Mackenzie por Hell or High Water, Martin Scorsese por Silêncio, Mel Gibson O Herói de Hacksaw Ridge e Denzel Washington Vedações, foram integram-nos e foram considerados, mas não conseguiram uma nomeação. Nos últimos dois anos, Alejandro Gonzalez Iñarritu foi o grande vencedor por The Revenant e Birdman, acabando por vencer a estatueta dourada. O mesmo aconteceu com Alfonso Cuáron, por Gravidade, em 2014. Mesmo assim, na cerimónia de 2013, Ben Affleck foi homenageado pelo sindicato, porém não seria nem sequer nomeado ao Óscar por Argo. A vitória nesse ano foi de Ang Lee pelo trabalho em A Vida de Pi.

Na verdade, os Directors Guild Awards só não coincidiram com os Óscares por 7 vezes, sendo entregues desde 1948. A Lista Completa de Nomeados ao galardão este ano pode ser consulta abaixo.

Vê ainda: BAFTA 2017 | Lista Completa de Nomeados

DIRECTORS GUILD AWARDS | NOMEADOS

  • Damien Chazelle, La La Land: Melodia de Amor (Lionsgate)

Equipa de Realização:
– Diretor da Unidade de Produção: Michael Beugg
– Primeiro Assistente de Realização: Peter Kohn
– Segundo Assistente de Realização: Paula Case
– Assistente de Produção: Bart Lipton
– Segundo-Segundo Assistente de Realização: Brett Robinson
– Assistente de Realização Adicional: Dodi Rubenstein

Directors Guild Awards
O cineasta Damien Chazelle e Emma Stone no set de LA LA LAND.
  • Garth Davis, Lion – A Longa Viagem para Casa (The Weinstein Company)

Equipa de Realização
– Primeiro Assistente de Realização: Chris Webb
– Primeiro Assistente de Realização: Ananya Rane (Índia)
– Segundo(s) Assistente(s) de Realização: Mark Ingram (Austrália), Sunny Tiku (Índia), KP Singh (Índia), Shaunak Kapur (Índia)

Directors Guild Awards
Da esquerda para a direita a produtora Angie Fielder, o argumentista Luke Davies, Dev Patel, o realizador Garth Davis e o diretor de fotografia Greig Fraser na Indian no set de Lion
  • Barry Jenkins, Moonlight (A24)

Equipa de Realização

– Assistente de Produção: Jennifer Radzikowski

Directors Guild Awards
Barry Jenkins ao centro, rodeado pelo elenco de Moonlight

Equipa de Realização
– Diretor de Unidade de Produção: Declan Baldwin
– Primeiro Assistente de Realização: Michael J. Moore
– Segundo Assistente de Realização: David Blazina
– Segundos-Segundos Assistentes de Realização: Tim LaDue, Scooter Perrotta

Directors Guild Awards
Casey Affleck prestável nas recomendações de Kenneth Lonergan no set de Manchester by the sea

Equipa de Realização
– Diretor de Unidade de Produção: Stan Wlodkowski
– Primeiro Assistente de Realização: Donald L. Sparks
– Segundo Assistente de Realização: Brigitte Goulet
– Segundo-Segundo Assistente de Realização: Karine P. Labelle

Directors Guild Awards
Denis Villeneuve no set de O Primeiro Encontro

PRÉMIO DE REALIZADOR ESTREANTE

  • Garth Davis, Lion – A Longa Viagem para Casa (The Weinstein Company)
  • Kelly Fremon Craig, The Edge of Seventeen (STX Entertainment)
  • Tim Miller, Deadpool (Twentieth Century Fox)
  • Nate Parker, The Birth of a Nation (Fox Searchlight Pictures)
  • Dan Trachtenberg, 10 Cloverfield Lane (Paramount Pictures)

Os vencedores dos Directors Guild Awards serão divulgados a 3 de fevereiro.

Consulta também: Golden Globes 2017 | O resumo que faltava

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Virgílio Jesus has 1392 posts and counting. See all posts by Virgílio Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.