“Duo de Sobreviventes Brasil” – No Discovery Channel

 

Conheça o Coronel do Exército Brasileiro Edmilson Leite e o perito em aptidões primitivas Leonardo Rocha – dois aventureiros altamente treinados com métodos muito diferentes de abordagem aos desafios de sobrevivência – na novíssima série “Duo de Sobreviventes – Brasil”.

Em cada episódio, esta improvável equipa é largada num dos locais mais remotos e selvagens da América Latina. Equipados apenas com aquilo que levariam numa situação real, Leo e Leite devem combinar as suas capacidades para encontrar água, comida e abrigo, evitando os perigos e, finalmente, encontrando o caminho de volta à segurança. Dos desfiladeiros dos Aparados da Serra, no extremo sul brasileiro, e do calor escaldante do deserto de Jalapão, à vastidão da Patagónia, Argentina e os ameaçadores fiordes chilenos, cada local irá provar-se desafiante para a dupla. Conseguirão aprender a trabalhar juntos e aprender um com o outro para sobreviver nesta lindíssima terra de extremos?

Coronel da Força Aérea, Leite é natural de Fortaleza e vive hoje em Manaus. Ele sempre quis seguir carreira militar e, a exemplo de seu pai e a contragosto de sua mãe, se esforçou desde muito cedo para atingir este objetivo, que começou a se realizar quando ingressou no Colégio Militar de Fortaleza. Leite especializou-se em resgates e participou de casos emblemáticos como a busca pelas vítimas do acidente com o voo Gol 1907, que em setembro de 2006 colidiu no ar com um jato particular e caiu em meio à selva Amazónica. Leite é casado e tem duas filhas que vivem com a família, em Manaus.

Natural de Belo Horizonte, Léo mudou-se com a família para a Chapada dos Guimarães ainda criança. O primeiro contacto com comunidades alternativas aconteceu por intermédio de sua mãe, que sempre incentivou a vida junto à natureza. Léo começou a trabalhar aos sete anos, como guia turístico. Em função de um encontro nacional de pajés, que aconteceu em um sítio próximo a sua casa, Léo foi, aos 11 anos de idade, convidado a morar em uma comunidade indígena no Xingu e lá passou seis meses aprendendo as técnicas e a cultura de seus anfitriões. Léo continua vivendo na Chapada dos Guimarães, ao lado da mulher e dos dois filhos.

Duo de Sobreviventes Brasil