Encanto © Disney

Encanto | Curiosidades do filme mágico da Disney

[tps_header]

Um filme verdadeiramente mágico, “Encanto” é a 60ª longa-metragem da The Walt Disney Studios. Vamos conhecer algumas curiosidades?

Exótico, mágico e colorido, assim é o mundo de “Encanto”, a animação mais recente dos estúdios da Disney. Por entre os ares da Colômbia, e uma banda sonora divertida, o filme que conta com talentos como Stephanie Beatriz ou Lin-Manuel Miranda já estreou nos cinemas mundiais e chega agora à plataforma da Disney+.

É uma das animações favoritas de 2021 e como tal não podíamos deixar de procurar mais sobre ela. Queres conhecer alguns ‘segredos’ relacionados com “Encanto”? Temos aqui uns quantos só para ti!

[/tps_header]

MIRABEL, A PROTAGONISTA

encanto
©2021 Disney

A personagem central do filme, Mirabel tem na verdade o seu nome inspirado na palavra espanhola “mira”, que significa “ver”. A inspiração reflecte a perspectiva e o tema do filme, de ver as pessoas pelo que elas realmente são; é também uma das razões para Mirabel ter óculos.



OS PODERES MÁGICOS DOS MADRIGAL

Disney
A mágica família Madrigal © Disney

Todos os membros da família Madrigal, excepto Mirabel, possuem um poder mágico e a verdade é que eles foram inspirados nas próprias famílias dos realizadores. Eis alguns exemplos,

  • JULIETA – tem o poder de curar através da comida que faz. A inspiração vem das memórias de infância dos realizadores, em que a sensação é que qualquer prato caseiro tinha o poder de curar qualquer mal. Charise Castro Smith, co-realizadora e co-argumentista, refere até a sopa de galinha ‘mágica’ da sua mãe;
  • LUISA – a sua super força representa aquela pessoa da família que é considerada a ‘rocha’, e que dá apoio incondicional a todos os membros;
  • ISABELA – a filha ‘perfeita’ que possui graça e equilíbrio sem esforço, aluna de excelentes, que vai sempre mais além e que não erra;
  • DOLORES – o seu poder de excelente audição é a fonte de fofoca da família. Toda a família tem alguém sim, que gosta simplesmente de partilhar tudo com todos, e que não consegue manter um segredo;
  • CAMILO – um shapeshifter, capaz de se transformar noutra pessoa num piscar de olhos. É inspirado no adolescente da família que ainda está a tentar perceber quem é, e que por isso se vai transformando na esperança de descobrir a sua verdadeira persona.




DOS ORUGUITAS, A CANÇÃO DE ENCANTO

Encanto Premiere
Lin-Manuel Miranda © Disney

A canção original do filme, “Dos Oruguitas” representa uma estreia para o talentoso Lin-Manuel Miranda: é a primeira música que o compositor escreve em espanhol do início ao fim. Foi escrita como se de uma canção de folclore com mais de uma centena de anos se tratasse, como se passasse de geração em geração.

A canção original é interpretada por Sebastián Yatra, no grande momento emocional de “Encanto”; no final dos créditos é apresenta a versão em inglês, “Two Oruguitas”.



O DESENHOS DOS OLHOS

Encanto
Mirabel, a personagem central © Disney

Do talento para animação e desenho de personagens todos sabemos que os artistas da Disney Animation se destacam (já desde a época de Walt Disney) mas em “Encanto”, mais que nunca, os olhos foram um dos pontos centrais do tempo e recursos dedicados. Para este filme foram adicionadas novas técnicas de modo a realçar mais anatomia dos olhos, através de uma tecnologia que permitiu aos artistas ter um maior controlo dessa parte das personagens. O motivo? Ajudar a conferir maior profundidade de emoção à história.



AS LUZES ‘NATURAIS’

Encanto Disney
Encanto | © 2021 Disney. All Rights Reserved

Apesar de se mostrar um filme bastante colorido e apelativo a nível visual, se olharmos com atenção para todo o filme percebemos que em “Encanto” não há espaço para a luz artificial. Todas as cenas do filme têm como foco de luz as velas, o sol, a lua ou uma fonte de magia.



AS CORES DA FAMÍLIA

Encanto Disney
Encanto | © NOS Audiovisuais

Com um leque de personagens maior que o habitual, em “Encanto” recorreu-se à cor para diferenciar a “importância” das unidades familiares da família alargada dos Madrigal. Por exemplo, Julieta, Agustín e as três filhas têm uma paleta de cores bem diferente de Pepa, Félix e os seus três filhos, que possuem por exemplo cores mais quentes.



UM REGRESSO ÀS ORIGENS

Encanto
Encanto | © Disney

Para fazer algumas das sequências de “Encanto”, os realizadores fizeram uma viagem até às raízes 2D da Disney Animation. Um dos exemplos da longa-metragem é a sequência que acompanha o momento musical de Camilo, “We Don’t Talk About Bruno” – nela é visível sombras de rato desenhadas à mão pelo lendário Mark Henn, o mesmo artista responsável por personagens clássicas da Disney como Ariel (“A Pequena Sereia”), Bela (“Bela e o Monstro), Jasmine (“Aladdin”), Mulan ou o jovem Simba (“O Rei Leão”).



A ESSÊNCIA DA COLÔMBIA

Encanto
© Disney

Com Colômbia como pano de fundo, “Encanto” engloba a diversidade, cultura, as pessoas e a música do país. Para além de uma viagem de pesquisa feita pelos realizadores, o filme foi criado em colaboração com o Colombian Cultural Trust, um grupo de especialistas em botânica colombiana, música, linguagem antropológica e arquitectura. Familia, um grupo de funcionários da Latinx Disney Animation, também colaboraram com os realizadores ao longo do processo, partilhando as suas perspectivas e experiências pessoas para ajudar a dar forma ao filme.



A CASA MADRIGAL

Encanto
Encanto © Disney

Não só a família Madrigal é mágica como o seu lar é um local mágico. Foram consideradas inúmeras opções sobre o ‘comportamento’ da casa mágica no grande ecrã, até ser eventualmente assente que a mesma se iria comportar como um cão de família quase. Com coração e alma, a casa é também um membro da família Madrigal, tendo uma relação pessoal com cada um dos membros inclusive.



ENCANTO, UMA REUNIÃO DE TALENTOS

Encanto
Encanto | © 2021 Disney. All Rights Reserved

A equipa que está por detrás de “Encanto” tem neste filme uma reunião, já que não é estranha ao trabalho de grupo. A primeira vez que Byron Howard, Jared Bush e Clark Spencer trabalharam juntos foi em 2016, em “Zootopia”, onde foram realizador, co-realizador/co-argumentista e produtor respectivamente.

Para além disso, também em 2016 Jared Bush colaborou com Lin-Manuel Miranda e Yvett Merino no filme de “Vaiana”.

E, fica aqui o “momento chave” de “Encanto” – a ideia surgiu precisamente no final da produção de “Zootopia”, e ainda antes de “Vaiana” chegar aos cinemas no final de 2016.

[tps_footer]

Já tiveste oportunidade de ver “Encanto”? O que gostaste mais?

Lê Também:   Encanto apresenta a extraordinária família Madrigal

[/tps_footer]



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *