Jennifer Leahy, ©Facebook

Realidade aumentada do Facebook ajuda pessoas

O Facebook está a trabalhar numa tecnologia avançada de realidade aumentada que ajuda a diminuir os sons de ruído externo, melhorando a comunicação.

O cientista-chefe Michael Abrash e sua equipa da FRL Research (conhecida como Facebook Reality Labs) está a trabalhar num novo sistema de realidade aumentada capaz de ajudar as pessoas com problemas auditivos.

O novo sistema vai permitir que o som de ruído de fundo seja diminuído, contribuindo para uma melhor percepção do som real. A equipa pretende melhorar significativamente a qualidade de vida e facilitar as rotinas diárias deste grupo de pessoas, nas diversas esferas da sua vida.

De acordo com a rede social, nos Estados Unidos existem 30 milhões de pessoas com perdas auditivas e 446 milhões, em todo o mundo.

Esta nova tecnologia também pode ser útil em situações em que o barulho de fundo impede uma conversa. Por exemplo, num bar lotado, utilizando o sistema de realidade aumentada, as pessoas poderiam conversar sem que tivesse de levantar a voz ou esforçarem-se para serem ouvidas.

Lê Também:
Google Maps vai mapear zonas com surtos de COVID 19

Os responsáveis do projeto indicam que o sistema entenderá para onde está a ir a sua atenção, através de movimentos corporais, e filtrará os sons ao redor, dissipando-os ao máximo. No caso de se encontrar numa chamada, o sistema irá clarear a voz do emissor, contribuindo para uma aproximação das pessoas.

O Facebook anunciou que a realidade aumentada é uma forma de melhorar os equipamentos de audição, e consequentemente a vida das pessoas, mas não são um substituto.

Espera-se que a implementação deste projecto, seja um dos próximos passos do Facebook.

Cátia Santos

Observadora, comunicadora, crítica, muito curiosa, apaixonada pela escrita criativa e informativa. Devoradora de livros e de música, com um especial gosto por tecnologia.

Cátia Santos has 1100 posts and counting. See all posts by Cátia Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.