Fantasporto 2015 | Destaques e Prémios

UMA CIDADE QUE SOMA E SEGUE NO CAMPO DO FANTÁSTICO

A 35.ª edição do Fantasporto encerrou no passado dia 7 de Março.

Filmes distinguidos foram: Liza, A Fada-Raposa, de Károly Ujj Mészáros (Secção Oficial e melhores Efeitos Especiais); Wolfcop, de Lowell Dean (prémio Especial do Júri); Hungerford, de Drew Casson (Menção Especial e melhor Actriz para Georgia Bradley); Renaissance, de Nuno Noivo e João Fanfas (Cinema Português); The Canal, de Ivan Kavanagh (melhor Actor para Rupert Evans); Horsehead, de Romain Basset (melhor Realização); e Mourning Grave, de In-chun Oh (melhor Argumento para Jong-Ho Lee).

mourning-grave (1)

A Semana dos Realizadores integrou diversos galardões, com destaque ao atribuído a Memories on Stone, de Shawkat Amin (que não escapou a uma Menção Especial da Crítica e a um prémio de melhor Argumento).

O festival do fantástico – cujas datas para 2016 já se encontram agendadas – apresentou outras histórias de relevo. Foi o caso de Dementia (ou a coerência fantasmagórica de Perci Intalan), Closer to God (ou o misto de reflexões morais e provável inevitabilidade futurológica de Billy Senese), Be my Cat: A Film for Anne (ou a originalidade e soberba performance de Adrian Tofei); El Rayo, de Ernesto de Nova (também premiado na Semana dos Realizadores); e Haemoo, de Shim Sung-Bo.

el-rayo.jpg

Sofia Melo Esteves

Advogada Página Facebook: Críticas Cinematográficas e Notícias Cinéfilas por Sofia de Melo Esteves “My aim is to put down on paper what I see and what I feel in the best and simplest way.” - Ernest Hemingway

Sofia Melo Esteves has 62 posts and counting. See all posts by Sofia Melo Esteves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *